Acompanhe:

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta laranja para tempestade, que abrange diversas áreas do país. O alerta vale a partir desta segunda-feira (30) e se estende até terça-feira (31). O alerta laranja indica uma situação meteorológica perigosa, com riscos substanciais para a população. Vamos detalhar os riscos e as áreas afetadas por esse alerta.

Riscos Potenciais

O alerta laranja traz consigo uma série de riscos meteorológicos. São eles:

  1. Chuva Intensa: Prevê-se a ocorrência de chuvas intensas, com acumulação significativa de água. Os volumes estimados variam entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia.
  2. Ventos Fortes: Ventos intensos, com velocidades previstas entre 60 e 100 km/h. Essa intensidade dos ventos pode causar danos em estruturas e árvores.
  3. Queda de Granizo: Há o risco de granizo em algumas regiões afetadas, o que pode ocasionar danos em plantações e edificações.
  4. Outros Riscos: Além disso, o alerta adverte para a possibilidade de corte de energia, alagamentos e descargas elétricas.

Regiões Afetadas

As áreas afetadas por esse alerta laranja abrangem diversas regiões do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil:

Região Sul:

  • Paraná (todo o estado, inclusive a capital).
  • Santa Catarina (todo o estado, inclusive a capital).
  • Rio Grande do Sul (Noroeste, Nordeste, Centro Oriental e região metropolitana de Porto Alegre).

Região Sudeste:

  • Rio de Janeiro (Norte, Centro, Sul, Noroeste e região metropolitana do Rio de Janeiro).
  • Minas Gerais (Zona da Mata, Campo das Vertentes, Oeste, Sul/Sudoeste e região Metropolitana de Belo Horizonte).
  • São Paulo (Presidente Prudente, Campinas, Bauru, Piracicaba, Araçatuba, Marília, Araraquara, Assis, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Vale do Paraíba Paulista, Baixadas e região Macro Metropolitana Paulista).

Região Centro-Oeste:

Classificação de Cores dos Alertas do INMET

O INMET classifica os alertas em três níveis de gravidade:

  • Alerta Amarelo - Perigo Potencial: Indica situações potencialmente perigosas. Recomenda-se cautela ao realizar atividades sujeitas a riscos meteorológicos.
  • Alerta Laranja - Perigo: Corresponde a situações perigosas. A população deve manter-se vigilante e informar-se regularmente sobre as condições meteorológicas previstas. Precauções são necessárias.
  • Alerta Vermelho - Grande Perigo: Indica situações de grande perigo, com fenômenos meteorológicos excepcionalmente intensos. Riscos para a vida humana e grandes danos são esperados. É fundamental seguir as orientações das autoridades e estar preparado para medidas de emergência.

Diante dessas previsões meteorológicas, é fundamental que a população esteja atenta e tome as devidas precauções. Siga as orientações das autoridades locais e fique informado sobre as condições meteorológicas. Mantenha-se seguro e tome medidas preventivas para proteger a sua vida e patrimônio.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
COP30: ONU Clima aposta no papel do Brasil em desenho de modelos de financiamento
ESG

COP30: ONU Clima aposta no papel do Brasil em desenho de modelos de financiamento

Há 3 horas

Tribunal decide que Suíça violou direito das mulheres por omissão às mudanças climáticas
Mundo

Tribunal decide que Suíça violou direito das mulheres por omissão às mudanças climáticas

Há 11 horas

Mudanças climáticas vão exigir US$ 6,9 trilhões em infraestrutura sustentável
ESG

Mudanças climáticas vão exigir US$ 6,9 trilhões em infraestrutura sustentável

Há um dia

Frente fria vai provocar pancadas de chuva nos próximos dias; veja a previsão para cada região
Brasil

Frente fria vai provocar pancadas de chuva nos próximos dias; veja a previsão para cada região

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais