DIRETO DA BOLSA com Letícia Toledo

Empresa dispara 40% na semana e reverte perdas do ano

Ibovespa operava em queda nesta sexta-feira. As ações da CSN subiam 6% e já dispararam mais de 40% na semana

São Paulo - O Ibovespa operava em queda de 0,14% nesta sexta-feira. Na ponta negativa do pregão estão os papéis preferenciais da Oi, que registravam perdas de 9%. Os papéis devolvem parte dos ganhos da semana que vieram após as notícias de uma possível fusão da Oi com a TIM e também a conversão de parte das ações preferenciais da companhia em ordinárias. Na semana, porém os papéis ainda acumulam uma alta de 8%. As ações preferenciais da Suzano e as ordinárias da JBS e da Marfrig caíam mais de 2%. A queda dessas exportadoras é impulssionada pela moeda norte-americana. O dólar caía 1,5% nesta sexta-feira e era cotado a 3 reais e 73 centavos. Na ponta positiva do pregão, as ações da CSN lideravam os ganhos da sessão e subiam, 6%. Os papéis da siderúrgica caminham para fechar a semana com uma alta de 40%, a maior do Ibovespa. A alta é impulssionada pela recuperaçãpo internacional das commodities e traz certo alívio porque até o fim de agosto, os papéis da CSN acumulavam perdas de mais 30% no ano. A empresa de investimentos global Pimco disse que espera o fim da queda dos preços dos commodities. As ações preferenciais da Usiminas e as ordinárias da Vale também tinham ganhos acima dos 3%. Confira no Direto da Bolsa.

Notícias sobre
Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.