Vulnerabilidade em Bluetooth pode expor dados de eletrônicos a hackers

Dispositivos afetados podem ser atacados se estiverem ao alcance de uma conexão Bluetooth

São Paulo – Uma vulnerabilidade no padrão Bluetooth de dispositivos eletrônicos, como smartphones e notebooks, pode enfraquecer a proteção desses aparelhos contra hackers.

A falha não atinge todos os aparelhos, mas apenas aqueles que contam com a conexão Bluetooth tradicional – e não com o padrão chamado low energy usado na maioria dos eletrônicos lançados nos últimos dois anos.

O ataque de hackers por meio dessa vulnerabilidade requer uma proximidade física com a vítima. É preciso que o aparelho esteja ao alcance de uma conexão Bluetooth, que tem abrangência de poucos metros. Ainda assim, seria necessário que o hacker realizasse um ataque de força bruta para descobrir a codificação do dispositivo da vítima – e isso pode levar algum tempo para acontecer.

A organização por trás da padronização do Bluetooth não pode resolver o problema. No entanto, ela se comprometeu a ajudar a evitar problemas relacionados a essa falha. Uma solução é o uso de senhas com um número mínimo de caracteres nos dispositivos que têm Bluetooth tradicional.

Até o momento, não se tem notícia de que a falha tenha sido usada por hackers para roubar informações.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também