Vendas de PCs caem 37% em março, para 915 mil unidades

Segundo IDC, volume de vendas encerrou com alta de 16% em relação a fevereiro, mas cenário é negativo

Rio de Janeiro - O mercado brasileiro de PCs encerrou o mês de março com uma queda de vendas de 37 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, para 915 mil unidades, entre desktops e notebooks, informou nesta sexta-feira a consultoria IDC.

Na comparação com fevereiro, houve uma alta de 16 por cento. Mas para a IDC, no entanto, o cenário é negativo.

"Tradicionalmente, março concentra um grande volume de vendas e não foi o que aconteceu neste ano", disse a consultoria em comunicado.

Para o ano, a expectativa da IDC é que sejam comercializadas 12,9 milhões de unidades. No ano passado, foram vendidas 13,9 milhões, queda de 10 por cento sobre o volume de 2012.

Segundo Pedro Hagge, analista de mercado da IDC Brasil, após um fraco começo de ano, previa-se uma boa recuperação nas vendas de março, porém, o que se viu foi um volume modesto.

"Historicamente, em anos de Copa do Mundo, o segmento varejista volta suas atenções para as vendas de TVs. Considerando ainda as vendas de outros dispositivos como tablets e smartphones e o cenário econômico modesto, o mercado de PCs sofreu um grande impacto", analisa Hagge.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.