UE investiga Motorola após queixas de Microsoft e Apple

Companhias acusam a empresa de cobrar taxas injustas pelo uso de suas patentes

Bruxelas - Reguladores antitruste da União Europeia abriram duas investigações nesta terça-feira contra a Motorola Mobility após Microsoft e Apple terem acusado a empresa de cobrar taxas injustas pelo uso de suas patentes.

"A Comissão (Europeia) investigará se, ao buscar e aplicar liminares contra os principais produtos da Apple e da Microsoft com base em patentes (...), a Motorola não honrou com os comprometimentos irrevogáveis feitos a organizações de estabelecimento de padrões", afirmou a Comissão em um comunicado.

A instituição da UE disse que também investigará se a Motorola ofereceu condições de licenciamento de patentes injustas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também