Tecnologia
Acompanhe:

Tribunal proíbe importação do PlayStation 3 na Europa

O tribunal civil de Haia, na Holanda, ordenou o bloqueio das importações europeias do console PlayStation 3 por dez dias. O motivo é uma briga entre Sony e LG

O PlayStation 3, da Sony, teve sua importação proibida na Europa (Divulgação/Sony)

O PlayStation 3, da Sony, teve sua importação proibida na Europa (Divulgação/Sony)

M
Monica Campi

16 de maio de 2011, 16h10

São Paulo — De acordo com o jornal britânico The Guardian, essa resolução foi tomada devido a uma briga judicial onde a LG acusa a Sony de violação de patentes, entre elas uma que diz respeito aos leitores Blu-ray. Desta forma, as aduanas europeias devem proibir a entrada de novos PlayStation 3 na região. Segundo o jornal, a Sony exporta semanalmente mais de 100 mil consoles para a Europa.

O porto de Rotterdam e o aeroporto de Schiphol, ambos na Holanda, são as principais vias de acesso dos produtos da Sony na Europa. A iniciativa da LG veio após a Sony acusar a fabricante coreana de violar sete patentes usadas em smartphones como Xenon e Lotus Elite. O tribunal, porém, ainda não decidiu se a Sony é culpada pela quebra das patentes, mas tomou a decisão como medida cautelar.