Software da IBM pode salvar espécies em risco

A partir de dados do programa, é possível encontrar melhores áreas para preservação dos animais

São Paulo – Um software criado pela empresa norte-americana IBM está sendo usado na África para evitar a extinção da zebra Grevy, espécie que conta com apenas 2500 indivíduos na natureza.

O software é usado para coletar quantidades enormes de informação complexa. A partir desses dados, fica mais fácil encontrar as melhores áreas pra preservação dos animais.

O programa é usado pela ONG inglesa Marwell Wildlife, que analisa os dados coletados e os padrões identificados para decidir quais as melhores medidas de conservação.

A combinação do conhecimento que se tem sobre os pastores da região e seu relacionamento com as zebras, aliado às imagens aéreas, colares transmissores nas zebras e câmeras no chão é essencial para a compreensão que se tem do risco de extinção do animal.

As informações que o software da IBM fornece facilitam o trabalho de organizações como a Marwell, que têm recursos limitados, mas podem concentrá-los da maneira mais eficiente.

O mais interessante do software é que ele não só faz um levantamento do comportamento dos animais, mas também consegue analisar as atitudes dos seres humanos em relação a eles.

O programa leva em consideração fatores como educação da população, idade, localização, porquê as zebras são caçadas, acesso que as pessoas têm a remédios e como elas dizem que se sentem em relação ao meio ambiente. Dessa forma, a compreensão o problema ambiental na área se torna mais abrangente.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.