Tecnologia

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Com a ampliação da liberação, 90,2% da população brasileira poderia ter acesso à tecnologia

5G (Mark Garlick/Getty Images)

5G (Mark Garlick/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 18 de junho de 2024 às 07h30.

Mais de 168 cidades estarão aptas a receber a rede de internet 5G a partir de sexta-feira, 21, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sendo 11 no Acre, 36 no Amazonas, 103 em Goiás e 18 em Minas Gerais.

Com isso, o total de municípios que podem contar com o 5G chegará a 4.302, beneficiando 192 milhões de brasileiros, o equivalente a 90,2% da população.

No entanto, isso não quer dizer que a rede estará liberada nessas localidades imediatamente. A liberação da faixa é apenas o primeiro passo. É necessário que as operadoras que adquirirem lotes na faixa de 3,5 GHz solicitem à Anatel o licenciamento e ativação das estações de quinta geração. O processo depende do planejamento de cada empresa.

Quais cidades receberão o sinal 5G?

Acre: Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira, Tarauacá.

Amazonas: Alvarães, Amaturá, Apuí, Atalaia do Norte, Barreirinha, Benjamin Constant, Boca do Acre, Borba, Canutama, Carauari, Coari, Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Japurá, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manicoré, Maraã, Maués, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã, Pauini, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Tapauá, Tefé, Tonantins, Uarini.

Goias: Adelândia, Aloândia, Alto Horizonte, Amaralina, Americano do Brasil, Amorinópolis, Aporé, Araguapaz, Arenópolis, Aruanã, Aurilândia, Baliza, Bom Jardim de Goiás, Bonópolis, Britânia, Buriti de Goiás, Cachoeira Alta, Cachoeira de Goiás, Caçu, Campos Belos, Campos Verdes, Carmo do Rio Verde, Ceres, Chapadão do Céu, Córrego do Ouro, Crixás, Diorama, Divinópolis de Goiás, Doverlândia, Edealina, Edéia, Estrela do Norte, Faina, Fazenda Nova, Firminópolis, Formoso, Goiás, Goiatuba, Guaraíta, Guarani de Goiás, Guarinos, Heitoraí, Indiara, Ipiranga de Goiás, Iporá, Israelândia, Itaberaí, Itaguari, Itaguaru, Itajá, Itapaci, Itapirapuã, Itapuranga, Itarumã, Jandaia, Jaraguá, Jaupaci, Joviânia, Jussara, Lagoa Santa, Mara Rosa, Matrinchã, Mineiros, Moiporá, Montes Claros de Goiás, Montividiu do Norte, Morrinhos, Morro Agudo de Goiás, Mossâmedes, Mozarlândia, Mundo Novo, Mutunópolis, Nova América, Nova Crixás, Novo Brasil, Novo Planalto, Palestina de Goiás, Palminópolis, Paranaiguara, Paraúna, Pilar de Goiás, Piranhas, Porangatu, Portelândia, Posse, Quirinópolis, Rubiataba, Sanclerlândia, Santa Fé de Goiás, Santa Rita do Araguaia, Santa Tereza de Goiás, Santa Terezinha de Goiás, São Domingos, São João da Paraúna, São Luís de Montes Belos, São Miguel do Araguaia, São Patrício, São Simão, Trombas, Turvânia, Uirapuru, Uruana, Vicentinópolis.

Minas Gerais: Alfenas, Almenara, Araçuaí, Boa Esperança, Caratinga, Engenheiro Navarro, Formiga, Jacutinga, Machado, Manhuaçu, Mantena, Matias Cardoso, Monte Sião, Nanuque, Nepomuceno, Resplendor, São Sebastião da Bela Vista, Três Marias.

Acompanhe tudo sobre:Brasil5G

Mais de Tecnologia

Apagão cibernético afetou 8,5 milhões de computadores da Microsoft

Uber apresenta instabilidade no app nesta sexta-feira

Zuckerberg diz que reação de Trump após ser baleado foi uma das cenas mais incríveis que já viu

Companhias aéreas retomam operações após apagão cibernético

Mais na Exame