Qualcomm faz acordos com Volvo, Honda e Renault para chips de carros

A companhia, conhecida por designs de chips em celulares, criou uma série de produtos para veículos, desde direção autônoma até sistemas de entretenimento
Conhecida por produzir chips de celulares, a Qualcomm agora tem produzido tecnologia para a indústria automotiva (Mike Blake/Reuters/Reuters)
Conhecida por produzir chips de celulares, a Qualcomm agora tem produzido tecnologia para a indústria automotiva (Mike Blake/Reuters/Reuters)
Por ReutersPublicado em 04/01/2022 18:11 | Última atualização em 04/01/2022 18:50Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Qualcomm anunciou nesta terça-feira acordos para fornecer chips às montadoras de veículos Volvo, Honda e Renault, acelerando estratégia de parcerias com empresas do setor automotivo que estão digitalizando seus produtos.

A companhia, conhecida por designs de chips em celulares, criou uma série de produtos para veículos, desde direção autônoma até sistemas de entretenimento.

O objetivo é o mesmo: ajudar montadoras a transformar seus veículos em computadores móveis que podem ser atualizados sem fio por meio de software pago, o que gera receita para as fabricantes dos carros, um modelo criado pela Tesla.

Inovação abre um mundo de oportunidades para empresas dos mais variados setores. Veja como no curso Inovação na Prática.

Durante o evento de tecnologia Consumer Electronics Show, em Las Vegas, a Qualcomm afirmou que acertou um acordo com as marcas Volvo e Polestar, controladas pela chinesa Geely, para fornecimento de chips "Snapdragon Cockpit" e de um sistema operacional do Google, a partir deste ano.

O acordo vai permitir que o utilitário esportivo elétrico da Volvo, que começará a ser produzido neste ano, seja compatível com o Google Assistant e o sistema de navegação Google Maps.

A Qualcomm também disse que a Honda vai começar a usar os chips "cockpit" em veículos que vão chegar às ruas em 2023.

Além disso, a empresa afirmou que a Renault fechou acordo para usar sua tecnologia automotiva, mas não deu detalhes sobre os chips ou quando os carros equipados com eles vão ser lançados.

A Qualcomm ainda anunciou nesta terça-feira que criou um novo chip e um novo sistema para visão de computadores, que usa câmeras instaladas no carro e inteligência artificial para ajudar o usuário com funções de segurança, como controle automático de faixa de rodagem. O novo "Snapdragon Ride Vision System" usa software da Arriver, que é parte da aquisição de 4,5 bilhões de dólares da empresa de tecnologia automotiva Veoneer feita pela Qualcomm no ano passado.