O que Jeff Bezos, Bill Gates e Elon Musk pensam sobre o sono

Trabalhar mais ou dormir mais? Bilionários fazem escolhas diferentes em diferentes fases da vida

Jeff Bezos é conhecido por ser o fundador da Amazon e por sua cultura corporativa de pensar que todos os dias na empresa são como se fossem o primeiro dia, uma tática de manter o entusiasmo perante tarefas diárias. Mas como manter esse ritmo na posição de CEO da maior empresa de varejo do mundo?

Para Bezos, seu trabalho consiste em tomar decisões importantes e o número de decisões tomadas por dia pode não ser o mais relevante, desde que essas escolhas sejam tanto acertadas quanto importantes para o futuro do negócio e para os colaboradores.

Por isso, Bezos diz acreditar ser necessário ter boas noites de sono para ter uma performance cognitiva máxima.

"Vale a pena poder tomar mais decisões por dia se você está cansado ou de mal-humor? Faz, se você está em uma startup. Mas a Amazon não é mais uma startup", diz. A declaração de Bezos pode ser vista neste vídeo.

Elon Musk, conhecido por ser um bilionário do mercado de tecnologia e um exemplar de profissional multitarefa, acumulando funções como CEO da Tesla, CEO da SpaceX e fundador da Neuralink, diz dormir menos.

No passado, Musk trabalhava “centenas de horas” por semana, deixando o sono em segundo plano. Atualmente, Musk diz dormir cerca de seis horas por noite.

“Eu tentei dormir menos, mas aí a minha produtividade total caiu”, afirma. “Eu não me vejo querendo dormir mais do que seis horas”, de acordo com o site CNBC. Os hábitos de sono de Musk podem ser vistos neste vídeo.

Cofundador da Microsoft e da fundação Bill & Melinda Gates, Bill Gates já pensou que dormir muito era algo típico de preguiçosos. No entanto, em 2019, com mais de 60 anos de idade, ele mudou seu pensamento e afirmou precisar de, pelo menos, sete horas de sono por noite.

“O sono melhora muito nossa aptidão evolutiva - de maneiras que não podemos ver”, escreveu Gates em seu blog.

Ele também recomenda não ter luzes LED no quarto e uma temperatura de 18°C, algo reforçado pela Sleep Foundation, que indica temperaturas entre 15,6ºC e 19,4ºC.

O bilionário Jack Ma, fundador do gigante do e-commerce Alibaba, é conhecido por defender que a população chinesa trabalhe das 9h às 21h, seis dias por semana, sistema conhecido como "996". Para ele, jornadas de 12h diárias são "uma benção". No entanto, o sistema extrapola o limite de 40 horas de trabalho semanais estipulado na China, uma vez que as jornadas por ele propostas totalizam 72 horas de trabalho por semana, algo que compromete tanto o tempo livre quanto as horas de sono.

O que diz a ciência

Em 2017, um dos maiores estudos sobre o sono, conduzido por pesquisadores da Universidade de Western Ontario, nos Estados Unidos, constatou que é preciso dormir entre sete e oito horas para ter boa saúde, independentemente da idade do indivíduo. O estudo foi feito com 44 mil pessoas e o método adotado de coleta de dados foi um questionário.

"Descobrimos que a quantidade ideal de sono para manter o desempenho do seu cérebro é de sete a oito horas todas as noites e isso corresponde ao que os médicos dirão que você precisa para manter seu corpo em ótima forma. Também descobrimos que as pessoas que dormiam mais do que essa quantidade eram tão prejudicadas quanto as que dormiam muito pouco", escreveu Conor Wild, principal autor do estudo. 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.