Neve é desafio para carro autônomo do Google

A neve ou chuva forte impedem que as câmeras do veículo detectem o ambiente ao seu redor, o que é essencial para a condução autônoma

	Carro do Google: A neve ou chuva forte impedem que as câmeras do veículo detectem o ambiente ao seu redor
 (Divulgação/Google)
Carro do Google: A neve ou chuva forte impedem que as câmeras do veículo detectem o ambiente ao seu redor (Divulgação/Google)
L
Lucas AgrelaPublicado em 17/01/2015 às 13:34.

São Paulo - A neve é um desafio para o carro autônomo do Google. "Acontece que em Mountain View não neva", afirmou Chris Urmso, que lidera o projeto de desenvolvimento de carros autônomos no Google, segundo a Bloomberg. Mountain View, na Califórnia, é a cidade onde fica a sede da empresa.

O Google buscará novos locais de testes para resolver esse problema. "Existem vários outros lugares onde nós podemos começar a desenvolver isso, ver como as pessoas utilizam e então explorar os limites tecnológicos para situações mais desafiadoras", disse Urmso. O executivo do Google diz ainda que o veículo deve chegar às ruas dentro de cinco anos.

A neve ou chuva forte impedem que as câmeras do veículo detectem o ambiente ao seu redor, o que é essencial para a condução autônoma. Ainda há outros problemas a serem resolvidos, como a dificuldade de identificar a cor de um semáforo sob forte luz solar.

O Google anunciou recentemente parcerias com montadoras de veículos para viabilizar seu projeto de automóvel tecnológico.

"Temos uma certa capacidade para criar a tecnologia de condução autônoma, mas a indústria automotiva passou os últimos 100 anos aperfeiçoando o processo de criação de carros", disse Urmson. "Definitivamente não estamos no mercado de veículos."