Facebook nos EUA tem mais adultos que Twitter e LinkedIn juntos

Número ainda supera soma envolvendo Pinterest ou Instagram; dados ainda mostram que Facebook tem os usuários mais ativos

O Facebook pode não ser mais tão popular entre jovens, mas ainda tem uma base de usuários adultos gigante. Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Pew Research Center mostra que, ao menos nos Estados Unidos, a rede social tem cadastradas mais pessoas acima de 18 anos que Twitter, LinkedIn e Pinterest somados.

De acordo com a análise, 73% dos norte-americanos conectados à internet possuem contas em redes, sendo que 42% usam mais de um site. Do total, 71% deles estão no Facebook, enquanto 22% aparecem no LinkedIn, 21% no Pinterest e 18% no Twitter..

Os dados foram coletados entre agosto e setembro de 2013, envolveram os hábitos de 1.445 usuários acima dos 18 anos e têm margem de erro de 2,9%, para cima ou para baixo, na amostragem. Mas mesmo a aplicando, o site de Zuckerberg segue com a maioria esmagadora dos internautas norte-americanos.

Atividade – Não bastasse ser a rede social com mais usuários, o Facebook conta também com os mais ativos. Segundo a pesquisa, 63% dos norte-americanos cadastrados acessa a página ao menos uma vez ao dia, e 40% deles repete a ação múltiplas vezes no decorrer do período.

O único que chega perto nesse ponto é o Instagram, que tem uma base muito menor – apenas 17% dos internautas do país possuem uma conta lá. Mas 57% deles acessa a página pelo menos uma vez por dia. Para ampliar a comparação, 46% das pessoas que usam o Twitter o fazem diariamente, enquanto míseros 13% fazem o mesmo no LinkedIn.

Outros dados – A pesquisa do Pew Research Center ainda mostra que, entre norte-americanos, o Facebook é mais popular com as mulheres – 76% de todas as entrevistadas (711) afirmaram utilizá-lo, contra 66% do total de homens (734). A rede social também ficou mais popular entre os mais velhos, com 45% das pessoas acima de 65 anos (278) tendo contas criadas – em 2012, segundo o Pew, o número ficava na casa dos 35%.

Das redes sociais envolvidas na análise, apenas o LinkedIn conta com maior preferência vinda de homens do que de mulheres. O site para contatos profissionais também é o único com grande predominância de pessoas com ensino superior: dos entrevistados que se encaixam nessa área (619), 38% já concluíram os estudos na faculdade, contra 12% dos estudantes de ensino médio e 16% dos universitários. A pesquisa completa, com outros dados, você pode conferir aqui, em PDF.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.