Facebook estreia aplicativo para conversas anônimas

Aplicativo Rooms quer reviver um pouco do espírito dos fóruns e salas de chat de antigamente

São Paulo - Pegando carona na tendência de plataformas e aparelhos que protegem a privacidade do usuário, o Facebook apresentou, na semana passada, seu aplicativo Rooms, que cria grupos de conversa em que não é necessário se identificar.

Entretanto, a nova ferramenta, revelada no começo de outubro, não quer apenas oferecer ambientes protegidos para interações.

Segundo o Facebook publicou em seu blog oficial, o Rooms quer reviver um pouco do espírito dos fóruns e salas de chat de antigamente, de lugares "onde o que você dizia importava mais do que quem você era e quem você conhecia" (ou seja, bem diferente do que é o Facebook hoje).

A novidade, diz a rede social, é que a ferramenta pretende casar esse uso "clássico" da internet com as "capacidades dos smartphones modernos".

A empresa informa que um "room" (sala ou quarto, em inglês) é um feed (lista de atualizações) onde cabem fotos, vídeos e textos, muito similar ao que já existe no Facebook e cujo tópico é definido pelo seu criador. Segundo o Facebook, já foram criados "rooms" com tópicos que vão de refeições caseiras à prática do parkour.

A rede social explica ainda que criadores de "rooms" podem controlar quase tudo a respeito deles, como foto de capa, cores dominantes, permissões para participantes e o texto ou emoji no botão de like do grupo (ao que tudo indica, ele é customizável).

Mais significativo, o nome do administrador do grupo pode ser o que o usuário quiser (e ele pode criar vários grupos com nomes diferentes).

Em um aceno a membros da comunidade LGBT, que abandonaram a rede quando foram impedidos de usar codinomes ou nomes artísticos de drag queens, o Facebook explica como "em Rooms você pode ser a ‘Mulher Maravilha’ - ou qualquer que seja o nome que te deixa mais confortável e orgulhoso".

O aplicativo é gratuito e está disponível inicialmente apenas para iPhone, mas não para usuários do Brasil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.