China fecha 200 microblogs por conteúdo vulgar e pornográfico

A Sina Corp, dona do Weibo, está sob vigilância cerrada, com autoridades do governo pressionando a empresa a policiar melhor a rede social

Pequim - Autoridades chinesas fecharam 206 microblogs por divulgarem conteúdo "vulgar" e pornográfico depois de receberem denúncias do público, informou a mídia estatal nesta sexta-feira, enquanto o país aumenta a fiscalização sobre as redes sociais.

Mais da metade das contas estavam no site de microblogs Weibo, a versão chinesa do Twitter, disse a agência de notícias oficial Xinhua, citando um comunicado do Gabinete de Informação Estatal da Internet.

"Departamentos relevantes criticaram esses sites por sua falta de administração e fizeram advertências para que eles corrigissem esse mau comportamento", disse o comunicado.

Provedores de microblogs e de portais de Internet devem cumprir as obrigações sociais e legais e "se recusar a serem usados como uma plataforma para disseminar material obsceno", acrescentou o texto.

"O Gabinete de Informação Estatal da Internet e outros departamentos vão reforçar a supervisão dos microblogs e de outros conteúdos baseados em tecnologia segundo leis e regulamentos."

As autoridades admitiram estar sendo um desafio criar "um ambiente online civilizado" nas plataformas de mídia social.

Pequim também criticou os microblogs por disseminarem irresponsavelmente o que chama de rumores infundados.

Os microblogs permitem aos usuários dar opiniões - em um máximo de 140 caracteres chineses - que podem ser repassadas a cadeias de seguidores que recebem mensagens instantâneas. Os censores têm dificuldade em monitorar dezenas de milhões de mensagens enviadas por dia.

A Sina Corp, dona do Weibo, está sob vigilância cerrada, com autoridades do governo pressionando a empresa a policiar melhor o microblog, que se tornou uma poderosa mídia para a disseminação de notícias e opiniões e para desafogar a frustração contra políticas governamentais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.