Após inaugurar novas regiões de nuvem, Oracle deve mostrar balanço robusto

Gigante de infraestrutura de computação aproveitou a pandemia e investiu pesado para aumentar o número de centrais de dados para 38. Os bons frutos já devem aparecer neste trimestre
Uma pesquisa da consultoria Synergy Research Group aponta que a Oracle foi responsável por 2% do faturamento anual de serviços de infraestrutura de computação em nuvem (Justin Sullivan/Getty Images)
Uma pesquisa da consultoria Synergy Research Group aponta que a Oracle foi responsável por 2% do faturamento anual de serviços de infraestrutura de computação em nuvem (Justin Sullivan/Getty Images)
A
André Lopes

Publicado em 09/12/2021 às 06:00.

Última atualização em 09/12/2021 às 09:17.

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia. 

A Oracle deve revelar os resultados financeiros de seu segundo trimestre fiscal de 2021 nesta quinta-feira, 9.

A expectativa é de que a companhia apresente um aumento razoável na receita de 4,2%, fechando o balanço em uma cifra próxima de 10,21 bilhões de dólares. Já o lucro da empresa deve ter um aumento de 4,2% no período.

Segundo analistas da consultoria americana Zacks Investment Research, o momento para a Oracle é relativamente bom. A empresa segue impulsionada pela migração de clientes para sistemas completos em nuvem e também por um plano global de investimento para operar 38 pontos geográficos de data centers até o final de 2021 — incluindo uma nova unidade na região de Vinhedo, interior de São Paulo.

Novo clientes também devem garantir os números positivos da empresa. Recentemente, a Oracle agregou a Telefonica Espana, que anunciou uma parceria de vários anos para acelerar a adoção da nuvem e desenvolver novos serviços de comunicação para consumidores e empresas.

A empresa de biotecnologia Oxford Nanopore também escolheu a Oracle em setembro para acelerar descobertas médicas em doenças como covid-19 e ebola, executando sequenciamento genômico em sua infraestrutura de nuvem.