Tecnologia
Acompanhe:

Adeus, Internet Explorer: Microsoft irá desativar navegador em 2022

Internet Explorer será desativado em junho de 2022 por conta do Microsoft Edge, navegador mais recente da empresa

Internet Explorer: navegador foi lançado oficialmente em 1995 (Arquivo/Agência Brasil/Agência Brasil)

Internet Explorer: navegador foi lançado oficialmente em 1995 (Arquivo/Agência Brasil/Agência Brasil)

L
Laura Pancini

Publicado em 20 de maio de 2021, 09h26.

A Microsoft está dizendo adeus ao (talvez não tão) querido Internet Explorer, navegador padrão para o Windows desde seu lançamento em 1995.

De acordo com postagem em blog da empresa nesta quarta-feira, 19, o aplicativo de desktop será removido e perderá o suporte para "muitas versões do Windows 10". O motivo é o Microsoft Edge, navegador mais recente da empresa e que agora deve se tornar protagonista do sistema.

“O futuro do Internet Explorer no Windows 10 está no Microsoft Edge. O Microsoft Edge não é apenas uma experiência de navegação mais rápida, segura e moderna do que o Internet Explorer, mas também é capaz de abordar uma preocupação importante: compatibilidade com sites e aplicativos mais antigos e legados", disse a empresa em publicação.

O suporte para o navegador será encerrado em junho de 2022. A notícia já era esperada, já que a Microsoft anunciou ano passado que seu pacote de aplicativos Microsoft 365, que inclui plataformas como Teams ou Office 365, não seria compatível com o Internet Explorer.

Apesar de sua fama como a internet do Windows (ou aquele navegador que só é acessado uma vez, como brincam internautas), o navegador perdeu destaque ao longo dos anos por conta de concorrentes como Google Chrome e Mozilla Firefox.

Para usuários que usam o navegador, a empresa ressalta que o Microsoft Edge tem um "modo Internet Explorer" integrado para acessar sites e aplicativos herdados do app.

  • Não perca as últimas tendências do mercado de tecnologia. Assine a EXAME.