De carona com Elon Musk?

Como aproveitar as melhores oportunidades com um perfil de risco condizente com você? Tarefa dura neste ano de vacinas

Para quem esperava algum retorno à normalidade em 2021, os primeiros dias de janeiro parecem uma viagem lisérgica. O ano-novo chegou com a invasão do Capitólio nos Estados Unidos, com o sumiço do empresário chinês Jack Ma e com debates sobre a eficácia de vacinas no Brasil. Além disso, o mundo tem um novo líder entre os mais ricos, o excêntrico empresário sul-africano radicado nos Estados Unidos Elon Musk.

Musk é, de certa forma, a cara deste primeiro ano da nova década. Falastrão, ousado e inovador como poucos, ele simboliza o enorme potencial de negócios como o de sua montadora de carros elétricos Tesla. Mesmo muito menor que as rivais, a Tesla fez de Musk o mais rico por seu enorme potencial de liderar um mundo mais conectado, tecnológico — e limpo. Em plena pandemia — e, em grande parte, por causa dela — a Tesla valorizou 6 vezes nos últimos 12 meses. Quem investiu no bilionário se deu muito bem.

Mesmo que em menor escala, histórias de grandes investimentos em 2020 não são raridade. Quem apostou em ações de empresas como Zoom, Magazine ­Luiza ou Mercado Livre se deu muito bem no ano passado. A turma do bitcoin, nem se fala! Desde o mais fundo do poço de 2020, em abril, o Ibovespa avançou mais de 90%. Para 2021, o cenário de juros baixos e de alta liquidez deve se manter, mas a volatilidade extrema deve dar lugar a mais racionalidade. É nesse contexto que levamos até você nosso tradicional guia de investimentos de todo início de ano, o Onde Investir.

Desta vez, contamos com um diferencial competitivo que se soma à credibilidade e ao rigor do jornalismo da EXAME­ — trazemos informações de nosso braço de investimentos, a EXAME Research. Elas aprimoram um guia que segue trazendo conteúdo dos principais gestores de investimentos do país. Em 2021, segundo os especialistas, quem se mantiver na zona de conforto vai deixar dinheiro na mesa — mas quem arriscar em excesso buscando retornos como os de 2020 pode quebrar a cara. Será um ano para milhões de novos e tradicionais investidores brasileiros estudarem ainda mais — e contarem com a EXAME em suas jornadas. 

Esta edição da EXAME traz também duas reportagens da Bloomberg Businessweek, uma das mais conceituadas revistas de negócios do mundo e parceira exclusiva da EXAME no Brasil. Elas jogam luz sobre o WhatsApp e a Chewy, fenômeno no mercado pet americano. Trazer as grandes histórias do mercado financeiro global é outra forma de reforçar nosso compromisso com você em 2021. Vamos juntos.  

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.