Esta fábrica de chocolates quer ser conhecida pela produção orgânica

A Angí Chocolates já experimentava o mesmo boom vivido pelos comércios de café e de cervejas artesanais, um reflexo do avanço crescente das preocupações dos consumidores com o que colocam à mesa
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
M
Maria Clara DiasPublicado em 16/12/2021 às 05:18.

A empreendedora Beatriz Branco, de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, quer equalizar a ambição de uma empresa recém-criada com o desejo de fomentar o empreendedorismo local. A dona da marca Angí Chocolates, que tradicionalmente utiliza matérias-primas vendidas por pequenos produtores do Pantanal, quer manter o “quê” regional e, ao mesmo tempo, levar os produtos orgânicos do estado para além do território brasileiro. A solução encontrada será correr atrás de selos de qualidade. No início do próximo ano, a loja espera receber o selo de produto orgânico em seus chocolates — a famosa “licença para operar” entre as empresas de alimentação que vendem itens naturais. 

Aprenda as técnicas de inovação utilizadas pelas maiores e mais lucrativas startups. Comece agora!

Antes disso, a Angí Chocolates já experimentava o mesmo boom vivido pelos comércios de café e de cervejas artesanais, um reflexo do avanço crescente das preocupações dos consumidores com o que colocam à mesa. “Estou em uma região associada à pecuária e ao agronegócio”, diz Branco, fazendo alusão às escalas enormes das duas atividades. “Quero ir na direção contrária.”

As certificações também são uma tentativa de alcançar outros estados e, eventualmente, países. A justificativa está na isenção de alguns impostos na venda de mercadorias. “É um processo burocrático, mas vai valer a pena”, diz. A expectativa para 2022 é de faturamento estimado em 2,5 milhões de reais.  


Conteúdos para quem toma decisão

LIVROS:

(Divulgação/Divulgação)

Do jeito das startups

Eric Ries é um importante consultor de inovação e, em sua segunda obra, fala sobre como negócios saudáveis cultivam a criatividade. O “estilo startup”, para Ries, está em deixar de lado práticas antiquadas e considerar a incerteza como parte do caminho.

O Estilo Startup | De Eric Ries | Sextante | R$ 30 | 368 páginas


(Divulgação/Divulgação)

Os bastidores do sucesso

Howard Schultz dedicou 20 anos à rede de cafeterias Starbucks, sendo um dos responsáveis por tornar a marca uma das mais valiosas do mundo. No livro, o empresário conta como fez a transformação sem deixar de lado a paixão pelo negócio nem a valorização do capital humano.

Dedique-se de Coração | De Howard Schultz | Buzz Editora | R$ 33 | 336 páginas


PODCAST

(Divulgação/Divulgação)

Empreender rápido

O empreendedor Erico Rocha comanda o programa semanal que debate importantes temas para quem está começando no mundo dos negócios ou deseja ter uma presença digital mais acertada. O propósito é sempre ajudar empreendedores a faturar seis dígitos em sete dias.

Podcast 6 em 7 | De Erico Rocha