Pop

'O Senhor dos Anéis' terá novo filme em 2026, com produção de Peter Jackson; veja o que sabemos

Andy Serkis, intérprete do Gollum, já é um dos atores anunciados para o elenco

O Senhor dos Anéis: franquia ganhará novo filme em 2026 (New Line Cinema/Reprodução)

O Senhor dos Anéis: franquia ganhará novo filme em 2026 (New Line Cinema/Reprodução)

Luiza Vilela
Luiza Vilela

Repórter de POP e Redatora da Homepage

Publicado em 9 de maio de 2024 às 16h58.

Última atualização em 9 de maio de 2024 às 19h28.

Tudo sobreO Senhor dos Anéis
Saiba mais

A franquia de "O Senhor dos Anéis" está para receber um novo filme, produzido pela Warner Bros. E terá envolvimento de Peter Jackson, diretor responsável pela primeira trilogia da saga — a mais premiada da história no Oscar, com 17 estatuetas e 30 indicações — e pelos filmes de "O Hobbit".

Ismael Cruz Cordova, de ‘Anéis do Poder’, treinou capoeira para interpretar Arondir

A notícia foi anunciada nesta quinta-feira, 9, pela produtora. O roteiro ainda está em produção e a expectativa é que o filme chega aos cinemas em 2026, depois da estreia de "O Senhor dos Anéis: A Guerra dos Rohirrim", prevista para dezembro de 2024.

Peter Jackson assina como produtor e não diretor, mas, segundo o CEO da Warner, David Zaslav, "estará envolvido em cada momento do desenvolvimento." Além de Jackson, Andy Serkis também retorna a franquia como intérprete do Gollum/Smeagol e diretor. O filme se chamara "A Caçada por Gollum", focado nas histórias da criatura.

O ator anunciou sua volta ao universo de "O Senhor dos Anéis" nas redes sociais nesta quinta-feira, 9. "Estamos de vooooolta, precioso", diz ele na publicação.

Qual o enredo do novo filme de 'O Senhor dos Anéis'?

A Warner tem anunciado uma série de novos projetos para a franquia, que já conta com seis filmes e uma série. No caso dessa nova produção, anunciado hoje, o enredo estará focado nas histórias ainda não contadas dentro da Terra Média, escritas por J. R. R. Tolkien.

O autor escreveu uma porção de histórias além da trilogia de "O Senhor dos Anéis", que são ambientadas neste mesmo universo. "O Silmarillion", por exemplo, já é uma adaptação feita pela Prime Vídeo, da Amazon, para a série "O Senhor dos Anéis: Anéis do Poder". Outras histórias como "Beren e Lúthien", "Contos Inacabados", "Os Filhos de Húrin", "A Queda de Gondolin", "As Aventuras de Tom Bombadil" e "A Queda de Numenor" ainda não receberam adaptações para o cinema — e estão na mira da Warner.

O estúdio anunciou no ano passado que fez um acordo com a Embracer Group, detentora dos direitos das histórias de Tolkien, para lançar novos filmes nos próximos anos. A produtora já anunciou a estreia do longa-metragem "O Senhor dos Anéis: A Guerra dos Rohirrim" para dezembro de 2024, que se aprofundará na história dos cavaleiros de Rohan — figuras importantes em "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (2003).

O longa "O Senhor dos Anéis: A Guerra dos Rohirrim" passará um século antes dos eventos da trilogia original.

Acompanhe tudo sobre:O Senhor dos AnéisWarnerFilmesCinema

Mais de Pop

Netflix pode ser processada em US$ 170 milhões por causa de cinco palavras

Dia da Língua Portuguesa: qual é a maior palavra que temos no dicionário?

Quantos países falam português no mundo além do Brasil?

Menos coloridos e ainda ousados: Restart quer eternizar legado com turnê de despedida

Mais na Exame