Pop

Expulsão no BBB: relembre outros casos de assédio no programa

MC Guimê e "Cara de Sapato" foram eliminados após os acontecimentos na festa envolvendo Dania Mendez

MC Guimê: momento em que brother é expulso do programa (TV Globo / Gshow/Reprodução)

MC Guimê: momento em que brother é expulso do programa (TV Globo / Gshow/Reprodução)

Laura Pancini
Laura Pancini

Repórter de Tecnologia e Inteligência Artificial

Publicado em 17 de março de 2023 às 07h46.

Última atualização em 17 de março de 2023 às 12h38.

Os participantes MC Guimê e Antônio "Cara de Sapato" foram expulsos do Big Brother Brasil na noite desta quinta-feira, 16. O anúncio foi feito por Tadeu Schmidt após a edição mostrar tudo que aconteceu durante a Festa do Líder envolvendo os brothers e a intercambista mexicana Dania Mendez.

Mais cedo, a Polícia Civil do Rio de Janeiro instaurou um inquérito para investigar os acontecimentos envolvendo os três participantes. Durante todo o dia de ontem, internautas pediram posições firmes da Globo, e patrocinadores do programa se pronunciaram repudiando o ocorrido.

EXPULSÃO DE GUIMÊ E SAPATO:

Entenda tudo que aconteceu durante a Festa do Líder

Programa expôs a vítima por audiência?

Não é a primeira vez que participantes do BBB são expulsos por agressão ou assédio. A eliminação de Sapato e Guimê no ao vivo do programa, porém, ainda mostra uma mudança nas decisões da produção: na edição de 2020, por exemplo, Pyong Lee foi acusado de assédio e não foi expulso. O participante do Camarote também era casado e tocou em outra sister durante uma festa.

https://twitter.com/acervo_viddeos/status/1636546793608470528

 

Daniel Echaniz (BBB12)

Em 2012, o participante Daniel Echaniz foi expulso após supostamente ter relações sexuais com outra jogadora enquanto ela estava bêbada e desacordada.

O caso se configura como estupro, mas a TV Globo disse que Echaniz foi expulso por "comportamento inadequado". Ele foi absolvido pela justiça.

Petrix Barbosa (BBB20)

A edição de 2020 contou com dois casos de assédio que não terminaram em expulsão.

Logo no começo do programa, o participante do Camarote Petrix Barbosa tocou os seios de Bianca Andrade (Boca Rosa) enquanto ela estava bêbada durante uma festa.

A produção do BBB consultou a maquiadora sobre o ocorrido, mas não seguiu com a punição. A decisão acabou ficando para o público, que eliminou o jogador na segunda semana.

https://twitter.com/BelspBreno/status/1221100896081317889

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, recebeu um depoimento do brother dias após a eliminação. Não há mais informações sobre o processo.

Pyong Lee (BBB20)

Semanas depois, outro participante do Camarote causou revolta nas redes sociais após ser acusado de assédio. Também durante uma festa, Pyong Lee tentou beijar Marcela três vezes e foi visto tocando a sister, que estava bêbada, nas costas e pernas.

https://twitter.com/CalopsitaTeneb1/status/1227592243067924481

A mesma delegacia que investigou Petrix disse na época que iria apurar o caso de Pyong.

Acompanhe tudo sobre:BBBBig Brother Brasil

Mais de Pop

Relembre o 'Super Size Me', quando Morgan Spurlock comeu apenas McDonald's por 30 dias

Morgan Spurlock, diretor de 'Super Size Me', morre de câncer aos 53 anos

Após venda geral, Rock in Rio 2024 ainda tem ingressos disponíveis para três dias; veja quais

Quando é Dia de São João? Entenda a origem da data

Mais na Exame