Acompanhe:

O Google está celebrando nesta segunda-feira, 17, o 204º aniversário de Eunice Newton Foote no doodle. Eunice foi a cientista pioneira a concluir que certos gases se aqueciam quando expostos à luz solar, e que o aumento de dióxido de carbono (CO2) poderia modificar a temperatura atomosférica — e potencialmente afetar o clima — fenômeno que ficou conhecido como 'efeito estufa'.

Quem foi Eunice Newton Foote?

Eunice Foote nasceu em 17 de julho de 1819, em Goshen, Connecticut, nos Estados Unidos. Ela era uma cientista americana, inventora e defensora dos direitos das mulheres. Cresceu em uma época em que as oportunidades de educação científica e participação das mulheres eram limitadas, mas mesmo assim seguiu sua paixão pela ciência.

Segundo o site oficial do Google Doodle, "Naquela época, as mulheres eram amplamente excluídas da comunidade científica. Determinada, Foote conduziu experimentos independentes. Ao colocar termômetros de mercúrio em cilindros de vidro, ela descobriu que o cilindro contendo dióxido de carbono experimentava o aquecimento mais significativo da luz solar. Foote foi a primeira cientista a estabelecer a conexão entre o aumento dos níveis de dióxido de carbono e o aquecimento da atmosfera".

Em 1856, Foote realizou uma série de experimentos para estudar os efeitos de diferentes gases na absorção de calor solar. Ela encheu cilindros de vidro com vários gases, incluindo dióxido de carbono e ar, e os expôs à luz solar. Observou que o cilindro com dióxido de carbono retinha mais calor do que o cilindro com ar, concluindo que o dióxido de carbono tinha a capacidade de reter calor e aumentar a temperatura do ar circundante, estabelecendo assim o princípio básico do efeito estufa.

Além de seus estudos sobre o efeito estufa, Foote também realizou testes de eletricidade estática, os quais ela chamou de "excitação elétrica", em 1857. Seu objetivo era determinar a quantidade de umidade presente e quais gases atmosféricos poderiam causar eletricidade estática.

Eunice Foote e seu marido Elisha foram inovadores. Em 1860, Eunice solicitou uma patente em seu próprio nome para um sapato de borracha vulcanizada de peça única e palmilha, com o objetivo de evitar o rangido de botas e sapatos. Além disso, em 1864, ela inventou uma máquina de fazer papel em formato cilíndrico.

Foote foi uma das cinco mulheres, juntamente com Elizabeth Cady Stanton, Elizabeth M'Clintock, Mary Ann M'Clintock e Amy Post, que prepararam os procedimentos da Convenção de Seneca Falls de 1848, a primeira reunião pelos direitos das mulheres. Ela e seu marido assinaram a Declaração de Sentimentos da convenção como membros do comitê editorial. A autora do documento, Elizabeth Cady Stanton, exigiu o direito de voto, bem como direitos sociais e legais equivalentes aos dos homens.

Em 1856, o trabalho de Foote foi apresentado na Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS), onde seu artigo intitulado "Circunstâncias que afetam o calor dos raios solares" foi lido. No entanto, devido aos preconceitos sociais e de gênero predominantes na época, sua pesquisa não recebeu ampla aceitação. Suas descobertas não foram publicadas em uma revista científica e, como resultado, não foram amplamente divulgadas.

Eunice Newton Foote faleceu em 1888, mas suas significativas contribuições para a ciência do clima têm recebido mais reconhecimento nos últimos anos, à medida que sua história foi redescoberta e valorizada. Ela serve como um lembrete das frequentemente negligenciadas contribuições das mulheres cientistas ao longo da história.

Apesar da falta de reconhecimento por suas contribuições, Foote permaneceu dedicada às suas atividades científicas. Ela foi membro de várias sociedades científicas e participou ativamente de movimentos pelos direitos das mulheres. Seus experimentos pioneiros sobre o efeito estufa estabeleceram as bases para pesquisas futuras na ciência do clima, que se tornaram cada vez mais importantes para compreender os padrões climáticos em constante mudança da Terra.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Novo aplicativo do Google ajuda a resolver cálculos a partir de fotos
Tecnologia

Novo aplicativo do Google ajuda a resolver cálculos a partir de fotos

Há um dia

Google faz teste de ferramenta de IA com jornalistas
Inteligência Artificial

Google faz teste de ferramenta de IA com jornalistas

Há 3 dias

Notificações e mapas: Google anuncia novidades para o Wear OS
Tecnologia

Notificações e mapas: Google anuncia novidades para o Wear OS

Há 4 dias

Após polêmica sobre imagens, Gemini, do Google, é criticado por gerar respostas tendenciosas
Inteligência Artificial

Após polêmica sobre imagens, Gemini, do Google, é criticado por gerar respostas tendenciosas

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais