Shoes4you passa a vender óculos em busca de mais consumidores

A empresa começou com a venda de sapatos por assinatura e para aumentar a atuação, incluiu bolsas, bijuterias e agora óculos
CEO Shoes4you Olivier Grinda explica parceria da empresa com Ótica Ventura (Divulgação)
CEO Shoes4you Olivier Grinda explica parceria da empresa com Ótica Ventura (Divulgação)
D
Débora ÁlvaresPublicado em 19/03/2012 às 15:10.

São Paulo - Óculos a menos de 100 reais. Essa é a nova aposta da Shoes4you, startup que começou com a venda de sapatos em modelo de assinatura e logo agregou bolsas e bijuterias a seus produtos. A parceria, desta vez, é com a Ótica Ventura, do designer Francisco Ventura. A ideia é lançar uma nova coleção de óculos a cada mês, exclusivamente pela internet.

Com a expectativa de vender entre 2 mil e 3 mil peças por mês, o aumento na quantidade de assinantes deve ficar em torno de 30% – o site não revela quantos cadastros tem, mas a página no Facebook é curtida por mais de 320 mil fãs.

Como explica o CEO da empresa, Olivier Grinda, a intenção com o novo produto é alcançar um público ainda maior. “A parceira faz sentido para os dois lados. Nós ampliamos nosso leque de consumidores com a oferta de mais um tipo de produto. A Ótica Ventura alcança um público diferente do que frequenta suas lojas físicas”. As entregas são feitas em todo o Brasil.

Apesar de levar sapato (shoes) no nome, o site diversificou sua atuação. “O mais importante da nossa marca é o '4you', que quer dizer 'para você'. Esse é o conceito do nosso modelo”, diz.  Segundo o CEO da marca, o negócio se torna mais competitivo quando seus clientes são assinaturas. “Consigo cobrar de 1/5 a 1/6 do que teria que cobrar se fosse vender em loja física, porque sei exatamente a quantidade que vou comercializar, por conta das assinaturas", explica.

Como funciona

A sistemática do site consiste no pagamento mensal de 99,99 reais – a primeira compra sai por 49,99 reais. Quem adere, recebe uma seleção de objetos selecionados de acordo com o perfil – estilistas montam o look a partir das informações preenchidas pelas clientes em um formulário, no próprio site. O crédito pode ser usado na aquisição de um produto por mês. O valor é cumulativo e não expira. Para 2012, a previsão é vender 55 mil peças.

De acordo com Grinda, o site permite que os clientes, a partir de um perfil individual, tenham coleções montadas de acordo com suas preferências.

A startup foi fundada em 2011 por Olivier Grinda, Fabrice Grinda, Carlos Martin e Jose Marin com o apoio de investimentos da Accel Partners, Redpoint Ventures, Flybridge Capital Partners e IG Expansión.