Setor de franquias deve crescer 18,7% no ano

De acordo com o balanço divulgado pela ABF, o faturamento do setor cresceu 3,7% no segundo trimestre de 2010
O ramo de alimentação é o campeão no número de unidades, com 28% do total de lojas.  (.)
O ramo de alimentação é o campeão no número de unidades, com 28% do total de lojas. (.)
P
Priscila ZuiniPublicado em 10/10/2010 às 03:35.

São Paulo - O setor de franquias deve crescer mais do que o esperado neste ano. É o que aponta um estudo feito pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com o Programa de Administração de Varejo, da Fundação Instituto de Administração (Provar/FIA) e a Felisoni Consultores Associados.

No começo do ano, a previsão era de um aumento de 14,7% no faturamento. O número foi reajustado para 18,7%, tendo em vista o crescimento do segundo trimestre de 3,7%.

Para o próximo trimestre, a expectativa é de um aumento de 6,1%. O faturamento do setor em 2009 foi de 63 bilhões de reais.

O professor Nuno Manoel Martins Dias Fouto, coordenador da pesquisa pelo PROVAR/FIA, diz que o setor de serviços deve registrar um crescimento mais expressivo no faturamento, de 5% ao trimestre.

Em relação à quantidade de lojas no país, houve um crescimento de 3,5%  no segundo trimestre e a expectativa para o terceiro trimestre é de um aumento de 5,6%. O ramo de alimentação é o campeão no número de unidades, com 28% do total de lojas.

A pesquisa levou em conta 54 redes de franquias, dos ramos de acessórios pessoais e calçados, alimentação, saúde, construção, cosméticos, educação, brinquedos e lazer, escolas de idiomas, limpeza, móveis, serviços e vestuário.

Confira a galeria de franquias.

Siga as notícias do site EXAME sobre pequenas e médias empresas no Twitter