Presidente dos Emirados Árabes evita falência de charcutaria francesa

Khalifa bin Zayed bin Sultan Al Nahyan enviou um cheque para ajudar na reforma de um açougue de carnes curadas em uma pequena cidade francesa

Paris - O presidente dos Emirados Árabes Unidos, Khalifa bin Zayed bin Sultan Al Nahyan salvou, com um cheque de 250 mil euros, a última charcutaria (açougue de carnes curadas) da pequena cidade francesa de Asnières-sur-Oise, onde possui um castelo, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

Nahyan, que segundo a revista "Forbes" é a 56ª pessoa mais poderosa do mundo (duas posições à frente do empresário Eike Batista), doou a quantia para reformar o imóvel onde fica o "Chez Fanfan".

Após 50 anos vendendo salsichas, salames e presuntos, a loja teve que encerrar suas atividades em 2007 porque tanto seu antigo proprietário como a prefeitura não puderam assumir os custos da renovação que ela precisava. Agora reformado, o estabelecimento tem uma nova gerente, Françoise Letellier, que já o reabriu.

Com seu generoso gesto, o presidente dos Emirados Árabes "não comprou uma charcutaria", mas "salvou um comércio local", declarou à imprensa francesa o prefeito do município, Claude Krieguer.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.