Gauntlet vira unicórnio de cripto após rodada de investimentos

A rodada de US$ 23,8 milhões foi liderada pela Ribbit Capital, disse a empresa em comunicado na segunda-feira. Os investidores existentes, incluindo Polychain Capital e Paradigm, também participaram
 (Getty Images/Jirapong Manustrong)
(Getty Images/Jirapong Manustrong)
Por BloombergPublicado em 15/03/2022 12:38 | Última atualização em 15/03/2022 13:09Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Por Sonali Basak e Yueqi Yang, da Bloomberg

A Gauntlet, uma plataforma de modelagem de risco financeiro para criptomoedas, levantou uma nova rodada de financiamento que elevou seu valuation para US$ 1 bilhão.

A rodada de US$ 23,8 milhões foi liderada pela Ribbit Capital, disse a empresa em comunicado na segunda-feira. Os investidores existentes, incluindo Polychain Capital e Paradigm, também participaram.

Tarun Chitra cofundou a Gauntlet em 2018 após cerca de cinco anos na D.E. Shaw Research, empresa liderada pelo bilionário e fundador de fundos de hedge David Shaw, e dois anos na empresa de comércio de alta frequência Vatic Labs.

Ele começou a Gauntlet depois de consultar um grupo de clientes cujas plataformas se tornaram protocolos de finanças descentralizadas, em que contratos inteligentes executam automaticamente negociações sem intermediários. A Gauntlet tem 32 funcionários, principalmente na cidade de Nova York.

“O processamento de dados está ficando cada vez mais difícil”, disse Chitra. “Estamos tentando investir em nossa plataforma, garantir que ela seja dimensionada para o maior número possível de redes.”

A Gauntlet planeja usar o financiamento para contratação e expansão para novas categorias de clientes, incluindo jogos.

As empresas de análise de cripto são populares entre os investidores de risco. No mês passado, a Dune Analytics disse que alcançou o status de unicórnio depois de arrecadar US$ 69,4 milhões em uma rodada de financiamento liderada pela Coatue. Outra empresa de análise de blockchain, Nansen, arrecadou US$ 75 milhões em dezembro de investidores como Accel, GIC e Andreessen Horowitz.