Via terá R$1,5 bi a mais em caixa em 2022 com alongamento de dívida

A Via anunciou operações de alongamento de dívida que devem gerar uma preservação de caixa em 2022
Unidade das Casas Bahia, do grupo Via: ao fim de 2021, 78% da dívida terá vencimento de longo prazo (Germano Lüders/Exame)
Unidade das Casas Bahia, do grupo Via: ao fim de 2021, 78% da dívida terá vencimento de longo prazo (Germano Lüders/Exame)
Por ReutersPublicado em 20/12/2021 10:05 | Última atualização em 20/12/2021 10:05Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O grupo Via, dono de Casas Bahia, Ponto e Extra.com, anunciou operações de alongamento de dívida que devem gerar uma preservação de caixa em 2022 da ordem de 1,5 bilhão de reais, segundo comunicado ao mercado.

A companhia afirmou que vai emitir notas comerciais no valor de 400 milhões de reais cujos recursos serão usados para alongamento de saldo de mesmo montante de debêntures que têm vencimento em 23 de dezembro.

A empresa também alongou 1,1 bilhão de reais em dívida que tinha como vencimento original julho de 2022, diz o comunicado de domingo à noite.

As operações alongam os vencimentos em 147 dias e reduzem o custo médio em 0,07 ponto percentual, para CDI mais 2,44% ao ano, informou a Via.

"Com isso, ao final de dezembro 2021 cerca de 78% da dívida da Via terá vencimento no longo prazo comparado à 40% no final de 2020", afirmou a empresa.