Apresentado por VERICODE

Vericode é reconhecida como “uma estrela em ascensão” pelo ISG Provider Lens

Na pesquisa que compara provadores de serviços, a empresa se posiciona como Rising Star – e mira alcançar R$ 100 milhões em faturamento nos próximos dois anos
Premiação que deu à Vericode o título de Rising Star (da esq. para dir): os sócios da empresa Juliano Videira, CHRO; Joab Junior, CMO; Marcelo Marchi, CEO e founder; Rui Moreno, COO; e Mateus Santos, CTO. Time de sócios conta ainda com Gabriel Hautchenski, Engagement leader; Leandro Akio, Head de Desenvolvimento e Automação; Kalil Picelli, Gerente de Operações. (Vericode/Divulgação)
Premiação que deu à Vericode o título de Rising Star (da esq. para dir): os sócios da empresa Juliano Videira, CHRO; Joab Junior, CMO; Marcelo Marchi, CEO e founder; Rui Moreno, COO; e Mateus Santos, CTO. Time de sócios conta ainda com Gabriel Hautchenski, Engagement leader; Leandro Akio, Head de Desenvolvimento e Automação; Kalil Picelli, Gerente de Operações. (Vericode/Divulgação)
e
exame.solutions

Publicado em 16/11/2022 às 09:30.

Última atualização em 16/11/2022 às 10:07.

Depois de atingir o ponto máximo de crise no início de 2021, o mercado de serviços de tecnologia da informação (TI) está em franca ascensão. Prova disso é o aumento da demanda por profissionais: mais de 40% da força de trabalho nas principais empresas foi contratada entre os últimos três trimestres de 2021 e no primeiro de 2022.

Mas não basta contratar mais e treinar mais: as corporações precisam investir em ferramentas de produtividade, incluindo automação e inteligência artificial, e levando em consideração a segurança, a escalabilidade e o controle de custos, especialmente no uso da nuvem.

Estas são as principais tendências de mercado identificadas pelo relatório ISG Provider Lens, publicado em outubro. Desenvolvido pela empresa americana Information Services Group, fundada em 2006 em Stanford, na Califórnia, e presente no Brasil desde 2017, o trabalho compara provedores de serviços por meio de avaliações independentes e confiáveis de fornecedores.

Vericode é agora uma Rising Star

A recente edição do relatório traz um novo player: a Vericode, empresa que há 15 anos ajuda gigantes como Bradesco, XP, Via e B3 em seus processos de transformação digital.

Sediada em São Paulo e com um laboratório de inovação e formação em Presidente Prudente, a empresa, desde 2018, tem investido fortemente em seu plano de desenvolvimento e conta com o direcionamento de Simone Acioli, Conselheira consultiva. “Desde o início vi o potencial da Vericode, que tem um excelente time de gestores. Com algumas mudanças que fizemos na governança e nos produtos, o crescimento da empresa tem sido consistente”, conta Acioli

Em 2020 ampliou seu portfólio, conquistou novos clientes e dobrou o quadro de colaboradores, que hoje somam mais de 200. As transformações se refletiram no faturamento da companhia, que deve saltar dos R$ 40 milhões previstos para este ano para a marca dos R$ 100 milhões até 2024.

No relatório da ISG, a Vericode é apontada como uma Rising Star na categoria Continuous Testing, prêmio concedido para aquelas que têm “um portfólio promissor, incluindo o roadmap necessário e o foco adequado nas principais tendências do mercado e requisitos do cliente.”

A Vericode, portanto, se enquadra entre “fornecedores ou prestadores de serviços que fizeram um progresso significativo em direção a suas metas nos últimos 12 meses.”

O que a Vericode faz?

Entre os serviços oferecidos pela companhia estão DevSecOps, FinOps, avaliações de código-fonte, testes automatizados, testes de carga e estresse, testes de segurança, teste de vulnerabilidade, virtualização e mocks, planejamento de nuvem e capacidade de sistemas, observabilidade e engenharia de confiabilidade (SRE).

Além do prêmio, a empresa foi classificada como Product Challenger, na categoria Application Quality Assurance – reconhecimento dado a companhias que, segundo o relatório, “apresentam uma boa visão estratégica do mercado e normalmente investem mais em suas capacidades internas do que as demais”. Por isso, tendem a se tornar líderes nos próximos 12 a 24 meses, “devido ao seu impacto acima da média e força para inovação”.

“Atuamos com clientes exigentes, do mercado financeiro e do varejo, e agora estamos em um processo de expansão comercial que a ISG reconhece em seu relatório”, aponta o CEO da Vericode, Marcelo Marchi.

Quais são os diferenciais da Vericode?

Entre os diferenciais que suportam esta nova fase, explica o executivo, estão a confiabilidade dos serviços, que garante a estabilidade no uso de softwares corporativos, além da automação intensiva e a otimização dos custos do uso da nuvem. “Atuamos com foco em resiliência, confiabilidade e escalabilidade, com uso racional de recursos.”

Em busca de ampliar o portfólio de clientes, a Vericode vem implementando parcerias nacionais, como o trabalho em conjunto com instituições universitárias, em especial com a Unicamp, e internacionais, na qual se destaca a parceria com a Grafana Labs para soluções de observabilidade. A parceria mais recente foi firmada com a Harness.io, uma plataforma que permite que engenheiros de DevSecOps criem, testem, implantem e verifiquem softwares sob demanda. 

“Também investimos em uma plataforma de software que utiliza uma tecnologia própria”, acrescenta o CEO, fazendo referência ao DOT, que executa testes de operação distribuída em clusters de nuvem, configura e monitora a execução e gera relatórios, possibilitando testes simulados e de API. “Estamos bem posicionados para oferecer resiliência para as empresas, permitindo prever os erros, as vulnerabilidades e os limites reais de capacidade das aplicações.”