Negócios

Vale compra produtora de óleo de palma por R$ 300 milhões

Mineradora assume controle da produtora de matéria-prima para biodiesel por US$ 173,5 milhões

Segundo a Vale, o objetivo da aquisição é utilizar o combustível produzido para alimentar sua frota de locomotivas, máquinas e equipamentos (EXAME.com)

Segundo a Vale, o objetivo da aquisição é utilizar o combustível produzido para alimentar sua frota de locomotivas, máquinas e equipamentos (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de abril de 2011 às 22h50.

São Pauo- A mineradora Vale anunciou há pouco a compra, por US$ 173,5 milhões (R$ 300 milhões), do controle da Biopalma da Amazônia, empresa produtora de óleo de palma, matéria-prima para a produção de biodiesel. Em nota, a Vale informou que o objetivo da aquisição é utilizar o combustível produzido para alimentar sua frota de locomotivas, máquinas e equipamentos de grande porte em suas operações no Brasil.

A Biopalma começa a produzir óleo de palma em 2011, com a expectativa de atingir uma produção anual de 500 mil toneladas em 2019, quando a lavoura atinge sua maturidade. Desde de 2009, a Vale já tinha firmado com a Biopalma um consórcio para produção de óleo de palma. "Para viabilizar a expansão do negócio, a Vale negociou a dissolução do consórcio e a obtenção da participação de 70% da Biopalma", diz a nota.

Atualmente, a empresa de biocombustível possui seis polos de produção em desenvolvimento na região do Vale do Acará e Baixo Tocantins, no Pará. Até 2013, serão 60 mil hectares plantados com dendê e 75 mil hectares destinados à recuperação e regeneração de mata nativa. Hoje são 18.400 hectares plantados, com previsão de mais 14.400 hectares de plantio no primeiro trimestre deste ano.

Acompanhe tudo sobre:BiocombustíveisCombustíveisEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasFusões e AquisiçõesMineraçãoSiderúrgicasVale

Mais de Negócios

Após cair 10% em maio, PMEs gaúchas voltam a crescer em junho e começam a se recuperar da enchente

Na febre das corridas de ruas, ele faz R$ 4,5 milhões com corridas em shoppings e até em aeroportos

Metodologia: como o ranking Negócios em Expansão classifica as empresas vencedoras

Cacau Show, Chilli Beans e mais: 10 franquias no modelo de contêiner a partir de R$ 30 mil

Mais na Exame