Tigre investe em nova fábrica no Peru

Planta recebeu investimentos superiores a US$ 30 milhões

São Paulo – Desde a semana passada uma nova planta da Tigre entrou em operação no Peru. A unidade recebeu investimentos superiores a 30 milhões de dólares e foi instalada no distrito de Lurin, próximo a Lima.

De acordo com comunicado da empresa, a planta vai dobrar a capacidade de tubos, conexões e acessórios produzidos pela Tigre no mercado peruano, podendo chegar a 45.000 toneladas por ano.

“O Peru tem grande importância para o nosso negócio, pelas oportunidades que reserva para as empresas do setor da construção civil e pelo cenário econômico em crescimento. Apostamos muito no sucesso dessa operação", disse Otto von Sothen, presidente da Tigre, em nota.

A Tigre atua no mercado peruano desde 2008, quando comprou a Plástica, marca popular de tubos e conexões. Em 2013, adquiriu a Matusita, do mesmo segmento, com posicionamento premium.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.