A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Receita bruta da JSL no 2º trimestre sobe 20,4%

Receita que considera JSL Logística, JSL Concessionárias e Movida atingiu R$ 1,550 bilhão no período

São Paulo - A JSL Logística reportou nesta segunda-feira, 21, aumento de 20,4% da receita bruta do grupo no segundo trimestre deste ano em comparação com igual período de 2013.

A receita que considera JSL Logística, JSL Concessionárias e Movida atingiu R$ 1,550 bilhão no período.

No acumulado do primeiro semestre a receita bruta da JSL somou R$ 2,918 bilhões, o que representa uma alta de 18,2% sobre o mesmo intervalo do ano passado.

A receita bruta de abril a junho é composta por R$ 1,012 bilhão do segmento de serviços logísticos, R$ 220,8 milhões de venda de ativos e R$ 344,9 milhões das concessionárias do grupo.

Esses dados representam altas de 10,8%, 157,3% e 15%, respectivamente, na comparação entre o segundo trimestre de 2013 e o de 2014.

Os dados relativos à receita de serviços logísticos e venda de ativos contempla resultados financeiros da Movida considerando as eliminações das operações entre os negócios.

Além disso, os números consideram as receitas da Movida a partir de dezembro de 2013.

Ainda de acordo com a JSL, ao excluir o mês de junho tanto de 2014 quanto de 2013 para retirar o efeito da Copa do Mundo sobre os negócios da companhia o crescimento da receita bruta de serviços seria de 12,8% no segundo trimestre, ante igual intervalo de tempo do ano passado.

O diretor Administrativo-Financeiro e de Relações com Investidores da JSL, Denys Marc Ferrez, disse que a companhia acredita em novas oportunidades de receita mesmo com a economia brasileira em desaceleração. "Acreditamos que dentro desse cenário as empresas que desejam cortar custos vão dar oportunidade para a JSL fechar novos contratos", afirmou o executivo ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

O executivo afirmou que a companhia segue na busca das suas metas (guidance) de 2014, que prevê crescimento entre 12% e 16% da receita bruta de Serviços em relação a 2013. No acumulado do primeiro semestre a empresa já conseguiu 11,2%. "Ao tirar o efeito Copa do Mundo a taxa já veio mais acelerada. Além disso o segundo semestre do ano é geralmente mais forte que o primeiro", explicou Ferrez.

Movida

O diretor da JSL também comentou sobre o aumento de 90,9% da receita bruta total da Movida, para um total de R$ 46,2 milhões. De acordo com Ferrez, a empresa de aluguel de veículos se beneficia da expansão da base de ativos e das concessionárias de seminovos do grupo.

Segundo ele, quando a JSL comprou a Movida, em setembro de 2013, a companhia tinha 2.400 veículos. Atualmente esse número beira os 8.000. "A JSL pegou uma empresa que estava bem organizada e preparada para o crescimento, mas faltava expansão da sua base de ativos operacionais", afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também