A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Petrobras nega demitir gerentes, mas admite mudança interna

O assunto foi levantado à tarde em matérias dos jornais Folha de S.Paulo e O Globo, em suas versões na internet

Rio de Janeiro - A Petrobras negou, em nota divulgada no início da noite de hoje (19), que tenha demitido executivos envolvidos em esquemas de corrupção.

O assunto foi levantado à tarde em matérias dos jornais Folha de S.Paulo e O Globo, em suas versões na internet.

A estatal informou que está promovendo mudanças em seu quadro gerencial.

“Em relação às notícias que estão sendo publicadas, a respeito de 'demissões' de gerentes na Petrobras, a companhia informa que vem promovendo mudanças em seu quadro gerencial, em função dos resultados de comissões internas de apuração, que apontaram o não cumprimento de procedimentos normativos internos”, diz a nota.

Segundo a empresa, “é importante ressaltar que não houve demissões da companhia, já que não há evidência, até o momento, de dolo, má-fé ou recebimento de benefícios por parte dos empregados citados nos relatórios das comissões internas de apuração. As funções gerenciais não são permanentes, sendo, portanto, de livre nomeação, a qualquer momento, por parte da Petrobras”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também