Petrobras firma acordo para salvar Sete Brasil de naufrágio

As duas empresas se reuniram na semana passada para assinar um contrato de aluguel de sondas para exploração do pré-sal

São Paulo - A Petrobras firmou um acordo com a Sete Brasil para salvar a empresa de sondas. A companhia já vinha lutando para se manter ativa, depois que foi citada na Operação Lava Jato.

A estatal também havia reduzido o pedido de construção de sondas, trazendo dificuldades financeiras para a Sete Brasil. Ela também lutou para conseguir financiamento, já que o BNDES havia bloqueado um empréstimo bilionário. 

As duas empresas se reuniram na semana passada para assinar um contrato de aluguel de sondas para exploração do pré-sal, segundo o jornal Folha de S.Paulo.

A Sete Brasil irá operar apenas 5 sondas, das 7 previstas inicialmente. Com essa diminuição, a empresa terá prejuízos de 600 milhões de dólares a 800 milhões de dólares.

A operação das sondas, mais do que a construção, é uma das formas da empresa de gerar receitas e garantir a viabilidade do negócio.

Segundo o jornal, o acordo foi assinado entre Aldemir Bendine, presidente da Petrobras, e representantes da Sete Brasil, os bancos BTG, Bradesco, Santander e fundos de pensão como o FI-FGTS e Previ.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.