Negócios

MMX enfrenta processo de arbitragem da MRS sobre ferrovia

MRS entrou com pedido de arbitragem contra mineradora devido à redução de volumes de ferro a serem transportados


	Mina de ferro Serra Azul da MMX: volumes que a MMX deixou de transportar e pagar em 2013 chegariam a R$ 45,4 milhões
 (Rich Press/Bloomberg)

Mina de ferro Serra Azul da MMX: volumes que a MMX deixou de transportar e pagar em 2013 chegariam a R$ 45,4 milhões (Rich Press/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 28 de fevereiro de 2014 às 17h55.

Rio de Janeiro - A MRS Logística entrou com pedido de arbitragem contra a MMX Mineração e Metálicos devido à redução de volumes de minério de ferro a serem transportados.

A MRS, que tem a Vale, a CSN e a Gerdau entre acionistas, quer 80 por cento da receita prevista no contrato até 2026, segundo cópia do documento obtida pela Bloomberg. Não há estimativas sobre o valor total do litígio.

Os volumes que a MMX deixou de transportar e pagar em 2013 equivalem a R$ 45,4 milhões, segundo o documento.

O processo foi instaurado em câmara do Rio, no dia 7 de fevereiro.

A MMX e a MRS não quiseram comentar. A câmara FGV de Conciliação e Arbitragem disse que não pode comentar processos devido a regras internas. 

Acompanhe tudo sobre:EmpresasIndústriaMineraçãoMMXMRSProcessos judiciaisServiçosSetor de transporteSiderúrgicas

Mais de Negócios

Cacau Show, Chilli Beans e mais: 10 franquias no modelo de contêiner a partir de R$ 30 mil

Sentimentos em dados: como a IA pode ajudar a entender e atender clientes?

Como formar líderes orientados ao propósito

Em Nova York, um musical que já faturou R$ 1 bilhão é a chave para retomada da Broadway

Mais na Exame