Metalúrgicos da Embraer pedem 15% de reajuste

Metalúrgicos de São José dos Campos iniciaram a campanha salarial deste ano junto à Embraer e montadoras exigindo reajuste de 15% e gatilho salarial

São Paulo - Metalúrgicos de São José dos Campos (SP) iniciaram a campanha salarial deste ano junto à Embraer e montadoras como a General Motors exigindo reajuste de 15 por cento nos vencimentos e gatilho salarial, informou nesta quinta-feira sindicato que representa a categoria.

O índice inclui um reajuste real de 5 por cento, informou o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos.

"O gatilho salarial entrou na pauta de reivindicações da categoria em razão da alta da inflação no país, o que leva à acelerada perda do poder de compra dos salários", segundo nota do sindicato à imprensa, sem detalhar como funcionaria o mecanismo.

Para os demais segmentos industriais da região, que abrangem empresas como a Gerdau, o aumento salarial pedido é de 13,33 por cento, que inclui reajuste real de 3,4 por cento.

A data-base dos metalúrgicos da região é 1º de setembro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também