Negócios

Joesley Batista, da JBS, pode comprar Record em Goiás

Empresário estaria negociando a compra de 90% da emissora na capital de goiás, segundo coluna Radar, de Lauro Jardim


	Joesley Batista: seu irmão é candidato do PMDB ao governo de Goiás
 (Daniela Toviansky/EXAME.com)

Joesley Batista: seu irmão é candidato do PMDB ao governo de Goiás (Daniela Toviansky/EXAME.com)

Tatiana Vaz

Tatiana Vaz

Publicado em 22 de fevereiro de 2014 às 10h39.

São Paulo – O empresário Joesley Batista, presidente da holding que controla a companhia JBS, está negociando a compra da emissora de tv  da Rede Record em Goiânia. As informações são da coluna Radar, de Lauro Jardim.

Por meio da assessoria de imprensa, o empresário nega qualquer negociação com a emissora. 

Joesley é irmão de Junior Friboi, candidato do PMDB ao governo de Goiás, e o canal é muito ligado ao governador - e candidato a reeleição - Marconi Perillo, de acordo com Lauro Jardim.

O valor que estaria em negociação não foi estimado. Mas o que está sendo planejado, segundo a coluna, é a Record ficar com 10% do negócio e Joesley com os outros 90%.

Denúncia em 2013

Em janeiro do ano passado, Joesley foi denunciado por sonegação de impostos pelo Ministério Público Federal de Goiás sob a acusação de sonegar mais de 10 milhões de reais entre janeiro de 1998 e julho de 1999.

Na época analisada, o empresário era sócio majoritário e administrador do frigorífico Eldorado Indústria e Comércio de Carnes, conhecido também como Friboi.

Em nota, a assessoria do empresário afirmou, em janeiro de 2013, que "com relação ao processo, que se originou numa discussão na Receita Federal sobre auto de infração no valor de 4 milhões de reais, o empresário obteve decisão favorável em grande parte da discussão na esfera administrativa e espera que o MPF tenha a mesma interpretação."

Acompanhe tudo sobre:Bilionários brasileirosCarnes e derivadosEmissoras de TVEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasFusões e AquisiçõesJBSJoesley BatistaRede RecordRedes de TVServiçosTV

Mais de Negócios

Mukesh Ambani: quem é o bilionário indiano que vai pagar casamento de R$ 3,2 bilhões para o filho

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Mais na Exame