Itaú não descarta comprar restante do banco Carrefour

Segundo instituição, se houver alguma condições de elevar sua participação, oferta será avaliada

São Paulo – O Itaú Unibanco pode não se contentar com a fatia de 49% do banco Carrefour que acabou de comprar. A instituição não descarta avaliar a aquisição das ações restantes, caso haja uma oferta. “Compramos o que estava à venda. Se, no futuro, houver outra proposta do Carrefour, vamos analisar as possibilidades”, afirmou Rogério Calderón, diretor corporativo de controladoria do Itaú Unibanco, nesta quinta-feira (14/4), em teleconferência com jornalistas.

O Itaú vai desembolsar 725 milhões de reais pelos 49% do banco. O pagamento será feito à vista, assim que o negócio for aprovado pelo Banco Central. “Consideramos o valor atrativo”, afirmou Calderón. Para fechar o negócio, o banco precisou bater rivais de peso, como o Bradesco e o Santander, que também haviam se interessado pela financeira do Carrefour.

Segundo o executivo, neste primeiro momento, o Itaú não vai mudar a estratégia de negócio do banco Carrefour. “Trata-se de um plano que vem dando muito certo e não queremos mudá-lo agora”. O executivo, no entanto, não nega que, aos poucos, alguns produtos do Itaú possam ser incorporados ao portfólio da financeira do Carrefour.

Em 2010, o banco Carrefour registrou lucro líquido de 155 milhões de reais.  A instituição possui cerca de 7,7 milhões de contas e uma carteira de crédito de mais de 2,25 bilhões de reais.
 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.