Negócios

HP cortará até 33,3 mil empregos nos próximos 3 anos

A empresa disse que espera cortas cerca de 33,3 mil empregos nos próximos três anos, na medida em que empresa se ajusta à queda da demanda


	Logo da HP
 (Justin Sullivan/AFP)

Logo da HP (Justin Sullivan/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de setembro de 2015 às 18h03.

A Hewlett-Packard, que planeja uma cisão em duas companhias listadas este ano, disse que espera cortar cerca de 33,3 mil empregos nos próximos três anos, na medida em que empresa de tecnologia se ajusta à queda da demanda.

Os mais novos cortes, além das 55 mil demissões anunciadas anteriormente sob o comando da presidente-executiva Meg Whitman, ocorrerão principalmente nas operações de hardware e serviços corporativos, que crescem rapidamente e que serão cindidas como Hewlett Packard Enterprise, ou HPE, em 1 de novembro.

Os novos cortes representam uma redução de cerca de 10 por cento do pessoal da companhia, baseado no número mais recente de 300 mil empregados referente a 31 de outubro de 2014, e que refletem a redução anteriormente anunciada de 55 mil empregos.

Até 30 mil demissões ocorrerão no negócio corporativo e até 3,3 mil na HP Inc, companhia que continuará produzindo computadores pessoais e impressoras, disse a HP em documento enviado a reguladores nesta quarta-feira.

O plano de reestruturação irá resultar em encargos antes de impostos de cerca de 2,7 bilhões de dólares na HPE e 300 milhões de dólares na HP Inc, que tem sido fortemente atingida pelo declínio nas vendas de PCs. 

Acompanhe tudo sobre:DemissõesDesempregoEmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiagestao-de-negociosHPServiços

Mais de Negócios

Sentimentos em dados: como a IA pode ajudar a entender e atender clientes?

Como formar líderes orientados ao propósito

Em Nova York, um musical que já faturou R$ 1 bilhão é a chave para retomada da Broadway

Empreendedor produz 2,5 mil garrafas de vinho por ano na cidade

Mais na Exame