Freddie Mac pede US$ 1,8 bi mais a fundos públicos

Nova York - A empresa de hipotecas americana Freddie Mac anunciou hoje que pediu uma injeção adicional de US$ 1,8 bilhão em fundos públicos, após ter perdido US$ 4,713 bilhões no segundo trimestre do ano. Essas avultadas perdas contrastam com os US$ 302 milhões conquistados um ano antes. A quantia é inferior aos US$ 6,688 […]
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Da RedaçãoPublicado em 10/10/2010 às 03:40.

Nova York - A empresa de hipotecas americana Freddie Mac anunciou hoje que pediu uma injeção adicional de US$ 1,8 bilhão em fundos públicos, após ter perdido US$ 4,713 bilhões no segundo trimestre do ano.

Essas avultadas perdas contrastam com os US$ 302 milhões conquistados um ano antes. A quantia é inferior aos US$ 6,688 bilhões que a Freddie Mac perdeu no primeiro trimestre de 2010.

Aos US$ 4,713 bilhões perdidos se soma o dividendo de US$ 1,296 bilhão pago pela empresa a sua acionista preferencial (a Administração americana), os números vermelhos de Freddie Mac chegaram no segundo trimestre a US$ 6,009 bilhões.

Há dois anos a Administração americana socorreu esta empresa, que é uma das duas maiores companhias hipotecarias do país junto a Fannie Mae, absorveu um total de US$ 64 bilhões em fundos públicos.

No conjunto dos seis primeiros meses do ano, a empresa, afetada pela crise imobiliária e das hipotecas que desde 2008 disparou a falta de pagamentos da dívida nos Estados Unidos, perdeu US$ 11,401 bilhões, frente aos US$ 11,624 bilhões perdidos entre janeiro e junho de 2009.

A taxa da falta de pagamentos caiu em junho com relação a maio, o que representa uma queda mensal, o que já se viu em março e abril, após três anos de altas.

Segundo dados, a taxa média de falta de pagamento nas famílias ficou no segundo trimestre do ano em 3,96%, o que representa um descenso em comparação ao trimestre anterior, quando esse percentual era de 4,13%, embora ainda esteja acima de 2,89% de um ano atrás.

As provisões reservadas para futuras faltas de pagamentos se reduziu até US$ 5,029 bilhões entre abril e junho de 2010, desde US$ 5,665 bilhões há um ano e os US$ 5,396 bilhões do trimestre anterior.

"Freddie Mac segue apoiando o mercado imobiliário ainda frágil dos Estados Unidos ao proporcionar às famílias acesso ao financiamento de imóveis acessíveis e alternativas à execução hipotecária", disse hoje o diretor-geral da companhia, Charles Haldeman.

Acrescentou que a empresa ajudou "mais de 150 mil pessoas que lutam para evitar uma execução hipotecária e fornecido financiamento para que mais de 865 mil famílias americanos pudessem comprar ou alugar uma casa no primeiro semestre de 2010".

Leia mais da Crise

Siga as últimas notícias de Negócios no Twitter

 

 

Veja Também

'FGTS Futuro' poderá ser usado para imóvel; entenda
Mercado imobiliário
Há um dia • 2 min de leitura

'FGTS Futuro' poderá ser usado para imóvel; entenda

Caixa reduz liberações de crédito imobiliário no fim do ano
Mercado imobiliário
Há um dia • 4 min de leitura

Caixa reduz liberações de crédito imobiliário no fim do ano