Forever 21 faz liquidação e deve fechar lojas no Brasil

A fast-fashion americana está no Brasil desde 2014. Liquidação tem peças com 50% de desconto
 (Andrey Rudakov/Reuters)
(Andrey Rudakov/Reuters)
I
Isabela Rovaroto

Publicado em 14/06/2022 às 10:56.

Última atualização em 14/06/2022 às 11:10.

A fast-fashion americana Forever 21 está se preparando para fechar suas lojas no Brasil. A empresa, que atua no país desde 2014, anunciou nas redes sociais uma liquidação com tudo pela metade do preço.

Segundo o Estadão, a expectativa é de que as lojas não recebam mais peças após o período de liquidação previsto até o próximo domingo, 19, data em que as 15 unidades da empresa no Brasil devem fechar definitivamente.

Com um processo de recuperação judicial nos Estados Unidos, a varejista foi do auge à falência em pouco anos.

Embora tenham contribuído para o sucesso da varejista Forever 21 durante anos, as peças lançadas rapidamente a preços baixos também podem ter sido uma das razões para a sua queda. A falta de visão para as mudanças no consumo e para o avanço no comércio eletrônico levou a empresa a dificuldades.

VEJA TAMBÉM: A família que construiu (e faliu) a Foverer 21

O caso da Forever 21 é o mais emblemático das mudanças de hábitos dos consumidores nos Estados Unidos e no mundo. Com lojas gigantes em espaços de destaque, como a Times Square em Nova York, em menos de seis anos, a empresa foi de sete a 47 países, o que aumentou a complexidade do negócio.

No entanto, com o avanço do comércio eletrônico, os shopping centers e grandes lojas de departamento sofreram com a queda de visitas e vendas.

Recuperação judicial

Em 2019, a Forever 21 entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. A varejista com sede em Los Angeles informou na época que cerca de 350 das lojas da rede, incluindo 178 nos Estados Unidos seriam fechadas, mas que iria preservar a operação na América Latina.

VEJA TAMBÉM: 

“Rainha do vaso sanitário”, ela comanda um negócio de R$ 1 bilhão

Grupo de franquias fatura R$ 100 milhões e revela plano de expansão

Justiça reverte decisão de falência do grupo Ricardo Eletro

Raia elimina o 'Droga' do nome em mudança de marca

No Carrefour, mudanças na governança levam Abilio Diniz à vice-presidência