Boeing 737 pode ganhar classe econômica com jeito de executiva

Joint venture do próprio fabricante revelou atualização com novos recursos de tecnologia
 (Divulgação/Adient Aerospace)
(Divulgação/Adient Aerospace)
Por Gabriel AguiarPublicado em 17/05/2021 16:35 | Última atualização em 18/05/2021 09:04Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Viajar de avião na classe econômica poderá se tornar mais confortável nos próximos anos – pelo menos essa é a promessa da Adient Aerospace, joint venture entre o fabricante de assentos Adient e a Boeing. Isso porque a empresa atualizou os bancos da linha Ovation para se adaptarem ao conceito Sky Interior, estilo de cabine já utilizado pelo 737 NG (que também inclui o 737-Max).

Essa é a evolução do conceito anterior e que recebeu melhorias baseadas nas experiências dos clientes. E, além da opção para aeronaves com apenas um corredor, também há uma versão criada para modelos wide-body, mais utilizados em viagens internacionais e trajetos de longa distância. Em ambos os casos, a empresa afirma ter aprimorado funcionalidades disponíveis e ergonomia.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Invest Pro

Com personalizações disponíveis conforme as necessidades das companhias aéreas, os assentos podem receber suporte para dispositivos eletrônicos, como tablets e smartphones; recursos de entretenimento a bordo (IFE); tomada no padrão doméstico; colete salva-vidas, gancho para pendurar casaco e fones de ouvido; degrau auxiliar ao compartimento superior; e encosto de cabeça.

Tecnologia: bancos terão opções de entretenimento dignas de classe executiva (Adient Aerospace/Divulgação)

Também foram realizadas atualizações no que diz respeito à facilidade de manutenção e substituição de peças. Por isso, a Adient Aerospace instalou componentes sob a parte central do assento para facilitar o acesso de ambos os lados e ainda foi modificada a mesa retrátil, agora projetada para ser substituída de maneira simples – apenas encaixada no lugar –, dispensando ferramentas.

E até mesmo a almofada de apoio à cabeça teve que retornar às pranchetas em nome da simplificação, reduzindo em 75% a quantidade de peças em relação ao modelo anterior, de acordo com o fabricante. Para melhorar o conforto na viagem, há opção de sistema de entretenimento com tela flutuante atrás do encosto com iluminação indireta e compatível com dispositivos pessoais.

No caso do conceito Sky Interior, da Boeing, já havia diferentes de recursos pensados para aumentar o conforto das viagens, como novas paredes que destacam as janelas; compartimentos de bagagem com desenho que melhora a sensação de amplitude; botões da luz de leitura redesenhados para diferenciar dos comandos para acionar  a tripulação; além de alto-falantes nas poltronas.

Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME e saiba mais.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.