Negócios

De malas prontas, RD Summit deixa Florianópolis e virá a SP em 2023

"Chegou o momento de explorarmos mais possibilidades e proporcionarmos uma experiência ainda mais relevante, confortável, acessível e impactante para o público", escreveu a empresa, em nota

RD Summit: evento deixa Florianópolis e chega a SP em 2023 (Green Fotografias/Divulgação)

RD Summit: evento deixa Florianópolis e chega a SP em 2023 (Green Fotografias/Divulgação)

O RD Summit está de casa nova. Em 2023, a principal conferência de marketing e negocios da RD Station deixará sua sede, em Florianópolis, e virá a São Paulo. A próxima edição, inclusive, já tem data marcada: entre os dias 8 e 10 novembro.

Um dos principais eventos do litoral catarinense, o RD Summit cresceu em proporção e relevância nos últimos anos.  A edição de 2022, que aconteceu durante o mês de outubro, reuniu mais de 11 mil pessoas. Mais do que as palestras sobre negócios e principais tendências do marketing, o RD Summit tornou-se um símbolo do "hype" envolvendo o ecossistema de inovação de Santa Catarina, mobilizando milhares de empreendedores em suas edições.

Até o momento, o evento era realizado no Centro de Convenções CentroSul, na região central da cidade.

A popularidade do RD Summit, contudo, expôs certas fragilidades na infraestrutura do local. Com capacidade máxima atingida, o CentroSul não pôde mais cumprir seu papel como sede do evento mais badalado do ano na capital catarinense, apelidado pela RD Station de "Disneylândia do marketing digital".

"Depois de quase dez anos incríveis em Floripa, nos quais impactamos a vida de milhares de pessoas e apresentamos o encanto da Ilha da Magia para o Brasil todo, nos despedimos rumo a São Paulo, para novas experiências e possibilidades", disse a empresa, em nota.

O que é o RD Summit

O RD Summit foi criado pela RD Station ainda em 2013, como uma tentativa de antecipar uma tendência considerada pela empresa como indispensável no mercado de marketing e das startups como um todo: os eventos de inovação e tecnologia.

A ideia, na época, era educar uma população ainda pouco familiarizada com conceitos de marketing, aqueles aplicados na prática pela RD. Por outro lado, havia também a ideia de disseminar as boas práticas e tornar populares as histórias de sucesso no setor, especialmente as que aconteciam dentro do berço tecnológico do Sul do país.

LEIA TAMBÉM: Na RD Station, a “quase unicórnio” de SC, os eventos são a nova fronteira do marketing

De lá para cá, o evento cresceu numa proporção que nem mesmo a própria RD esperava. O público saltou de 250 pessoas para mais de 13 mil, número de visitantes da última edição presencial, em 2019. Hoje, o RD Summit se tornou o maior evento do tipo na América do Sul. “Víamos um ecossistema se desenvolvendo, mas nenhum ponto de encontro para aquelas personalidades que estavam se desenvolvendo no meio”, disse Eric Santos, CEO da companhia, em entrevista exclusiva à EXAME às vésperas da oitava edição do evento, em outubro deste ano.

Impacto no ecossistema

Agora, de malas prontas e prestes a deixar a Ilha da Magia, o RD Summit perde o posto de maior conferência da cidade. Concorrentes como o Startup Summit, organizado pelo Sebrae, Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) e Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), devem entrar no páreo — em 2022, o evento reuniu 5 mil pessoas.

Em São Paulo, o RD Summit também passará a competir com outras conferências de tecnologia e inovação já com tradição por aqui, como é o caso do VTEX Day e Bossa Summit.

Apesar da mudança, a sede da RD Station continua em Florianópolis, explica a empresa. "Continuaremos tendo a sede da RD Station aqui, além de seguir fazendo parte do ecossistema local, com novas iniciativas e projetos", diz o comunicado. "Agora chegou o momento de explorarmos mais possibilidades e proporcionarmos uma experiência ainda mais relevante, confortável, acessível e impactante para o público".

Sem novas edições em Florianópolis, é possível que o primeiro impacto seja sentido no turismo local. “Essa é talvez nossa principal contribuição para o ecossistema local. Fomentar o turismo de negócios, fora das altas temporadas, é algo gigante e que Florianópolis vem tentando fazer há um tempo”, disse Santos,

 

 

Acompanhe tudo sobre:estrategias-de-marketingFlorianópolis

Mais de Negócios

Uma nova zona norte: empreendimentos da Cidade Center Norte se tornam primeiros do mundo com Selo B

Novo imposto pode tornar carros mais caros – e atrasar renovação da frota, diz Anfavea

Startup simplifica cálculo de impacto ambiental das empresas

Em sete dias, Senior Sistemas faz segunda aquisição e paga R$ 29 milhões pela Hypnobox

Mais na Exame