Crescimento decepcionante da Alphabet derruba suas ações

Os ganhos cresceram 19% em relação ao mesmo período do ano passado e ficaram em US$ 10,7 bilhões; já o volume de negócios aumentou 17%

A Alphabet, matriz da Google, anunciou nesta segunda-feira (3) lucros mais altos no último trimestre de 2019 com o crescimento da publicidade digital e dos serviços em nuvem, mas suas ações caíram devido ao aumento decepcionante da receita.

Os ganhos cresceram 19% em relação ao mesmo período do ano passado e ficaram em US$ 10,7 bilhões. O volume de negócios aumentou 17%, para 46 bilhões de dólares.

As ações da companhia caíram 4% nas transações após o fechamento de Wall Street, depois da divulgação dos resultados que apresentaram ganhos acima do esperado, mas também um crescimento mais fraco do que o previsto.

Os resultados do último trimestre de 2019 foram os primeiros que a empresa forneceu de forma mais detalhada, também com dados do YouTube e dos serviços em nuvem.

Nos dois casos, houve ganhos notáveis. “Acreditamos que a expansão é o fato mais relevante”, afirmou a jornalistas a diretora financeira Ruth Porat.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.