Compradora da Saab quer fabricar carros elétricos

Não há detalhes sobre quanto a National Electric Vehicle Sweden estava pagando pela Saab e quanto investirá

Estocolmo - Um grupo de investimento sueco-chinês fechou acordo para comprar a montadora sueca Saab com meta de produção de veículos elétricos, disse nesta quarta-feira o administrador do processo de falência da companhia.

Em comunicado, o administrador não deu mais detalhes sobre quanto a National Electric Vehicle Sweden (Nevs) estava pagando pela Saab e quanto investirá.

"A companhia começará uma nova operação em Trollhattan (sede da Saab, no oeste da Suécia), onde o desenvolvimento e a produção se focarão inteiramente em carros elétricos", disse.

A Saab, fabricante de carros icônicos desde 1947, foi declarada insolvente no final de 2011, com dívida de cerca de 13 bilhões de coroas suecas (1,8 bilhão de dólares). O colapso ocorreu menos de dois anos depois da General Motors tê-la vendido para o grupo holandês Spyker. Os administradores da montadora vinham procurando um comprador desde então.

O presidente-executivo e principal dono da Nevs é o chinês com cidadania sueca Kai Johan Jiang. Enquanto isso, o presidente do conselho da Nevs é Karl-Erling Trogen, um ex-diretor da divisão de caminhões e equipamentos de construção da Volvo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também