A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Centro de Exposições Imigrantes tem nova concessão

Francesa GL Events deverá assumir a concessão do Centro de Exposições após apresentar uma proposta de R$ 201,513 milhões

São Paulo - O governo de São Paulo assina nesta quarta-feira, 21, o contrato da nova concessão do Centro de Exposições Imigrantes, na capital paulista. Após a licitação, em que apenas duas empresas mostraram interesse, a vencedora do processo foi a francesa GL Events, que apresentou a proposta de R$ 201,513 milhões a serem pagos como outorga ao Estado durante 30 anos. A outra concorrente era o grupo brasileiro Consórcio Agrocentro Imigrantes, que deteve a concessão (que expirou) por 20 anos. A proposta apresentada pelo conglomerado nacional foi de R$ 165 milhões.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) já autorizou a assinatura do contrato, que será realizada nesta quarta-feira à tarde, no Palácio dos Bandeirantes, pelo secretario de Planejamento do Estado, Julio Semeghini, e o presidente da GL no Brasil, Arthur Repsold. Em junho, a empresa francesa já havia oferecido a melhor proposta, mas o Consórcio Agrocentro Imigrantes entrou com um recurso pedindo o detalhamento da proposta concorrente. Após esse período, o processo de licitação foi fechado no dia 5 de julho. "Além da maior proposta, após a fase do recurso, a GL cumpriu os requisitos, de fazer o seguro da área e depositar 9% do total dos recursos para o governo, por isso vai poder assinar o contrato", explicou a secretária-adjunta de Planejamento, Cibele Franzese.

De acordo com Cibele, a GL Events, além da outorga que será paga, terá que investir aproximadamente R$ 300 milhões no local durante os 30 anos de concessão. "Nós queríamos ampliar e modernizar o Centro de Exposições Imigrantes. Nossa principal preocupação era trazer de volta para São Paulo eventos que o Estado estava perdendo para o Rio de Janeiro, ou Buenos Aires, por exemplo, por falta de espaço", afirmou, ressaltando que nos primeiros 30 meses de concessão o vencedor já terá que entregar parte das reformas.

O projeto ampliou a área de concessão do local de 213 mil metros quadrados para 331 metros quadrados. A proposta prevê a construção de um novo pavilhão, a ampliação do centro e a criação de um hotel. Segundo Cibele, a experiência da GL Events, que opera o Rio Centro e tem sede na capital fluminense, vai ajudar a tornar o Centro de Exposições Imigrantes o maior da América Latina.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também