Cade aprova acordo de Raízen e Wilmar para exportação

A joint venture será responsável por todas as atividades para originação do açúcar no Brasil

São Paulo - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições acordo envolvendo a Raízen Energia e a multinacional do agronegócio Wilmar para a formação de uma joint venture na exportação de açúcar VHP (sigla do inglês de "Very High Polarization") do Brasil, segundo publicação no Diário Oficial da União nesta quinta-feira.

A joint venture será responsável por todas as atividades para originação do açúcar no Brasil e sua oferta ao mercado internacional, sendo encarregada da comercialização de todo açúcar produzido pela Raízen destinado à exportação, de acordo com documento do Cade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também