Boeing se solidariza com desfecho do voo MH370

Segundo o primeiro-ministro da Malásia, avião caiu no Oceano Índico e não há sobreviventes

São Paulo - Após duas semanas de angústia, o primeiro ministro da Malásia, Najib Razak, confirmou, nesta segunda-feira, que o avião da Malaysia Airlines, voo MH370, caiu no Oceano Índico e não há sobreviventes.

A aeronave era um Boeing 777, considerada uma das mais seguras do mundo. A companhia americana emitiu nota de pesar sobre o desfecho do voo.

Segundo a Boeing, foi com muita tristeza que a companhia recebeu a notícia.

"Nossas profundas condolências às famílias dos entes queridos que estavam a bordo do voo MH370", disse a companhia, em comunicado;

Ainda de acordo com a nota, a Boeing vai continuar como conselheira técnica do U.S. National Transportation Board.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.