Bertin alega fraude em transferência de cotas de fundo

Bertin afirma, em ação, que cotas do fundo por meio do qual participa da JBS foram transferidas indevidamente para empresa que pertenceria ao grupo J&F

São Paulo - De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, o grupo Bertin teria entrado, esta semana, com uma ação cautelar com acusações contra a holding J&F. Ambos são sócios do conglomerado JBS.

A família Bertin estaria alegando, segundo a publicação, que cotas do fundo Bertin-FIP, do qual ela participa da JBS, teriam sido desviadas para a Blessed LLC, empresa com sede nos Estados Unidos, que, segundo a ação, pertenceria ao grupo J&F. Para isso, segundo as acusações, assinaturas de membros da família Bertin teriam sido falsificadas. 

Na última terça-feira, segundo o jornal, a justiça bloqueou a comercialização das cotas. O grupo J&F, de acordo com a publicação, nega ser dono da empresa Blessed. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.