Banco Pan vai receber 1,5 bilhão dos sócios BTG e Caixa

Injeção de recursos pretende fazer com que a instituição financeira deixe de dar prejuízo, diz jornal. Aporte será o segundo desde 2010

São Paulo - Para tentar sair do vermelho, o Banco Pan receberá 1,5 bilhão de reais, diz o jornal Folha de S. Paulo. O dinheiro virá, principalmente, do BTG Pactual e da Caixa Econômica Federal.

O BTG é o controlador do banco, com 37% de participação no capital total da companhia, e a Caixa possui 33%. Eles terão prioridade na compra e suas porcentagens serão respeitadas. Outros sócios minoritários também devem investir, e alguns deles pretendem até aumentar suas participações, afirmou o jornal.

Os sócios majoritários esperam, com a injeção, finalmente tornar o Pan rentável. Em 2012, o prejuízo anual foi de 603,9 milhões de reais e, em 2013, de 229 milhões.

Este é o segundo investimento desde 2010, quando descobriu-se que o banco que pertencia a Silvio Santos apresentava um rombo de 4,3 bilhões em suas contas. Em 2011, o BTG comprou o controle do dono do SBT por 450 milhões de reais. A Caixa já detinha suas ações desde 2009.

Em 2011, o primeiro fôlego ao banco foi dado com uma injeção de cerca de 1.8 bilhão de reais. Com a nova emissão de papeis, a ideia é que o banco volte a andar com as próprias pernas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também