UE pede a Líbia que autorize entrada de agentes humanitários

Órgão disse estar preocupado com a situação dos refugiados na fornteira com a Tunísia

Bruxelas – A comissária europeia de Ajuda Humanitária, Kristalina Georgieva, pediu nesta sexta-feira às autoridades líbias que deixem entrar as organizações humanitárias no país, ao mesmo tempo em que se mostrou ainda mais preocupada pela situação dos refugiados na fronteira com Túnis.

De volta de uma visita a essa região fronteiriça, a comissária pediu às autoridades líbias e às que controlam algumas partes do país que autorizem a entrada dos trabalhadores humanitários e facilitem o acesso a quem precisar de ajuda.

A União Europeia coordena desde quinta-feira uma vasta operação na fronteira tunisiana para evacuar refugiados, principalmente egípcios, que fogem do conflito entre o regime do coronel Muamar Kadhafi e seus opositores.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.