Trump diz que atentado em Berlim é "ataque contra humanidade"

Trump culpou na segunda-feira terroristas islâmicos, que "matam continuamente cristãos em suas comunidades e locais de culto"

Palm Beach - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou nesta quarta-feira o ataque a uma feira de Natal em Berlim como "um ataque contra a humanidade".

Trump culpou na segunda-feira terroristas islâmicos, que "matam continuamente cristãos em suas comunidades e locais de culto como parte de sua jihad global".

Questionado sobre a declaração, ele disse nesta quarta do lado de fora de sua estância Mar-A-Lago em Palm Beach, Flórida: "É um ataque à humanidade, e tem que ser interrompido".

O ataque com um caminhão em Berlim há dois dias deixou 12 mortos.

"O que está acontecendo é uma vergonha", afirmou Trump, acrescentando que não conversou com o presidente Barack Obama desde o ataque a Berlim ou o assassinato de um embaixador russo na Turquia, na segunda-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.